Torcer para Corinthians ou São Paulo? Cuca responde: 'Palmeiras'

  • Cesar Greco/Ag. Palmeiras

    Cuca evitou apontar a torcida para um dos rivais no clássico do fim de semana

    Cuca evitou apontar a torcida para um dos rivais no clássico do fim de semana

Neste domingo, antes do jogo entre Palmeiras e Fluminense, às 16h, no Maracanã, haverá, no Morumbi, o clássico envolvendo Corinthians, líder do Brasileiro que está na mira do Verdão, mesmo a 13 pontos de distância, e São Paulo, que tenta evitar um rebaixamento. Se algum palmeirense tem dúvida sobre qual é o melhor resultado nesse Majestoso, Cuca esclarece.

"Temos, primeiro, que torcer para nós, para o jogo contra o Fluminense. Será jogo duro. Não adianta torcer para um ou para outro, que seja naturalmente. Corinthians luta pelo título, São Paulo luta pela permanência. Vamos observar, não adianta torcer para um ou para outro", disse.

Uma derrota do Corinthians, aliada à vitória palmeirense, seria mais bem-vinda dentro dos planos do clube de alcançar o arquirrival e terminar o ano com o título brasileiro. Caso o São Paulo perca, segue na zona de rebaixamento, o que certamente trará alegrias a torcedores alviverdes.

Mas, no Palmeiras, só se pensa em evoluir. E Cuca já enxerga semelhanças no estilo do time com a equipe campeã brasileira no ano passado, como a marcação adiantada e alternativas ofensivas além da posse de bola.

"Voltam coisas importantes do ano passado, como retomar a bola no ataque, como gosto. Centroavante não é zagueiro, queremos encurtar espaços para roubar a bola no ataque. Em alguns momentos, fazemos isso. Em outros, retrocedemos. Em alguns jogos, priorizamos a posse de bola, mas não podemos abrir mão da velocidade, da referência, passagem, cobertura para dar liberdade a alguns. Temos aproveitado bem", falou Cuca, sem se importar com as críticas.

"Vai ter questionamento do time todos os dias. Está no preço do futebol, futebol é assim com todos, com elogios e críticas. Temos algumas boas opções, e alguns gostam mais de fulano do que de sicrano. Não quer dizer que um esteja certo ou errado. Se tivesse consenso geral e eu na contramão, tudo bem. Mas tem dez ideias diferentes. Vou ficar com a minha, que estou aqui todos os dias, e deve ser a certa. Sei o que é melhor para o Palmeiras, assisto a tudo que cerca o jogo e preparo a equipe. tento ser coerente e justo para ter sucesso como podemos ter até o fim do ano".

Confira outros temas abordados por Cuca na entrevista coletiva desta sexta-feira:

Evolução com semanas só de treinos

Jogador precisa jogar treinado e descansado, essas semanas têm sido boas. Vão para campo sabendo o que fazer, como fazer, e treinamos o grupo inteiro, nãos só o time. Estamos em evolução boa, esperamos um grande jogo no domingo.

Fluminense cansado

O Fluminense jogou ontem, há desgaste por viagem, por mais que tenha voo fretado. É um desgaste pela partida e por viagem. Não sei o que Abel pensa, alguns não jogaram e vão jogar. Mas isso é uma ligeira vantagem, nada mais. Como o Fluminense joga em casa, equipara tudo.

Desvantagem com mais brasileiros fora da Libertadores

Isso afeta, terá mais jogos decisivos. Grêmio é o remanescente na Libertadores, Flamengo na Sul-Americana, final da Copa do Brasil, mas os outros estão só com Brasileiro. Torcia para irem um pouco mais longe, para gastar energia... Agora temos que competir, mais 75 dias para decidir nosso caminho.

Barrios decisivo no Grêmio

Barrios é bom jogador e boa pessoa. Encaixou no Grêmio, começou bem, depois caiu e fez gol importante quando era pressionado. Quando saiu, não era o Cuca. Mas torço por ele.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos