Afastado, volante garante motivação para cumprir contrato no Figueirense

A diretoria do Figueirense decidiu nesta semana colocar alguns jogadores do seu elenco para treinarem separados do grupo principal alvinegro. Um dos atletas da lista é o volante Juliano. Chateado com a situação, o jogador revelou estar surpreso com a decisão, já que atuou, em grande parte dos jogos deste ano, improvisado na lateral-esquerda.

- O afastamento me pegou de surpresa, sem dúvida, até porque se a gente for falar de profissionalismo eu nunca dei motivos para que isso acontecesse. Nunca havia acontecido isso comigo. Mas respeito. Longe de mim brigar, discutir, me revoltar. Não sou mais criança e também não sou maior que o clube. Figueirense é maior que todos. Fico triste, mas procuro entender. Vou cumprir meu contrato até o fim me dedicando como sempre. Não desanimo. Busco forças nos momentos mais complicados.

Ainda de acordo com Juliano, houve uma avaliação sobre o que ele produziu como lateral, e não como volante, sua posição de origem.

- Na verdade acho que está havendo uma avaliação do que produzi como lateral-esquerdo e todos aqui sabem que quebrei um galho nessa posição sempre que precisaram de mim. Nunca reclamei de estar sendo utilizado fora da minha posição, que é volante. Para mim, o clube acima de qualquer coisa. E por respeito a camisa do Figueirense e, principalmente, a seu torcedor, nunca me escondi aqui. Sempre coloquei a cara mesmo atuando em uma posição que não era a minha de origem.

O Figueirense de Juliano vive fase complicada na Série B. Após 25 rodadas, o alvinegro catarinense ocupa a 17ª posição, com 28 pontos, lutando contra o rebaixamento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos