Após derrota na estreia, Eduardo Baptista já foca no Flamengo

Com pouco tempo para conhecer a equipe, Eduardo Baptista já comandou a Ponte diante da Chapecoense, no último domingo. A derrota, pelo placar mínimo de 1 a 0, mostrou ao treinador que ele terá muito trabalho para conseguir evitar o rebaixamento para a Série B de 2018. O revés para os catarinenenses, somado às vitórias de Bahia e Vitória, empurrou a Macaca para dentro do Z4. Para conseguir reagir, o priemiro passo é vencer o Flamengo, na próxima rodada.

- A gente tem ainda sete jogos em casa. Vamos usar a derrota de ontem para detectar tudo que está errado e corrigir, para voltarmos a vencer e sairmos dessa situação. Teremos um bom tempo para recupera jogadores para a próxima partida e precisamos voltar a jogar bem, a conseguir os resultados - afirmou Eduardo.

Sobre a atuação da Ponte contra a Chapecoense, o treinador disse que conseguiu observar alguns pontos positivos, apesar do resultado.

- Tivemos lampejos de bom futebol durante toda a partida. Neste momento da competição não tem jogos difíceis nem fáceis: é um Campeonato muito equilibrado e temos que estar concentrados para buscar as vitórias - avaliou o comandante, que acrescentou que a partida foi decidida no detalhe.

- Foi um jogo pegado, decidido em um detalhe, em um chute. Tentamos mexer para no segundo tempo conseguir um resultado e não conseguimos, mas, reforço, aAgora temos uma semana para trabalhar e buscar melhorar - completou.

O próximo compromisso da Ponte é contra o Flamengo, dentro de casa, na segunda-feira, 2/10. Depois, a Macaca joga mais uma vez diante do seu torcedor, contra o Santos, dia 12. Com a derrota para a Chape, no fim de semana, a equipe de Eduardo Baptista caiu para 18ª posição, com 28 pontos, um a menos que o Vitória, primeira equipe fora do Z4.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos