Você lembra dos oito pênaltis defendidos por Gatito Fernández?

O pênalti defendido por Gatito Fernández, neste domingo, foi a oitava cobrança que o goleiro do Botafogo pegou nesta temporada. O paraguaio foi vazado apenas cinco vezes. Lembramos abaixo quem conseguiu, quem parou no camisa 1 e como foram tais cobranças.

Defesas:

22/2 - Olimpia 1 (1) X (3) 0 Botafogo

Terceira fase da Copa Libertadores, Defensores del Chaco, Assunção (PAR)

Na disputa de penalidades, Ortiz cobrou no canto direito baixo do goleiro, Mendoza chutou forte, alto, no meio do gol e Benítez bateu à esquerda do camisa 1, à meia altura. Com o resultado, o Botafogo se classificou à fase de grupos da Copa Libertadores.

26/4 - Botafogo 2 x 1 Sport

Oitavas de final da Copa do Brasil, Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Quando o jogo estava 1 a 1, Diego Souza chutou forte, no alto, no lado direito, mas parou no goleiro. No fim daquele jogo, o Glorioso conseguiria a virada no placar, que seria importante para a classificação às quartas, um mês depois.

2/7 - Corinthians 1 x 0 Botafogo

Campeonato Brasileiro, 11ª rodada, Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

A partida estava 1 a 0 quando Jô cobrou no lado esquerdo inferior do goleiro botafoguense, que evitou o gol. Mas o Timão, de tanto insistir, conseguiria o gol do triunfo.

29/7 - Botafogo 3 X 4 São Paulo

Campeonato Brasileiro, 17ª rodada, Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

O São Paulo saiu na frente, o Glorioso virou ainda no primeiro tempo e, no segundo, Cueva tentou acertar o lado esquerdo de Gatito Fernández. No contragolpe após a defesa, Guilherme ampliou o marcador. Contudo, o Tricolor virou novamente o placar o obteve a vitória fora de casa.

13/8 - Botafogo 1 x 0 Grêmio

Campeonato Brasileiro, 20ª rodada, Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

O time de Jair Ventura saiu na frente no início da partida. Nos acréscimos do primeiro tempo, Marcelo Oliveira bateu no canto direito do goleiro alvinegro, mas não conseguiu empatar o jogo.

24/9 - Coritiba 2 x 3 Botafogo

Campeonato Brasileiro, 25ª rodada, Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Thiago Carleto poderia ter aberto o placar, mas a cobrança, no lado direito de Gatito, e à meia altura, foi defendida. Os mandantes abriram o placar na jogada seguinte, mas perderam a partida.

Gols:

23/4 - Olimpia 1 (1) X (3) 0 Botafogo

Terceira fase da Copa Libertadores, Defensores del Chaco, Assunção (PAR)

Nas cobranças alternadas, Ferreira cobrou de um lado e o goleiro botafoguense pulou no outro. Foi o único do time paraguaio a fazer gol em Gatito na disputa.

23/4 - Flamengo 2 X 1 Botafogo

Semifinal do Campeonato Carioca, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

A partida já estava 1 a 0 quando Guerrero cobrou no meio do gol, à meia altura, e o goleiro botafoguense caiu para a direita dele. O Glorioso ainda diminuiu o prejuízo, mas não mais que isso.

11/6 - Botafogo 2 X 2 Coritiba

Campeonato Brasileiro, 6ª rodada, Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

O Coritiba esteve na frente do placar duas vezes, e ambos os gols foram com a bola na marca da cal. Kleber cobrou rasteiro, no canto direito, e Gatito ficou no meio. Já Henrique Almeida bateu à meia altura, no lado esquerdo do goleiro, que caiu para a direita. Carli, que cometeu as duas faltas capitais, fez o gol do segundo empate.

9/4 - Botafogo 3 X 1 Fluminense

Campeonato Carioca, semifinal da Taça Rio, Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Foi uma vitória fácil do Botafogo. Já estava 3 a 0 e só no fim da partida que Richarlison, de pênalti, diminuiu a contagem. O chute rasteiro foi forte, no canto direito do goleiro alvinegro, que acertou o lado, mas não chegou a tempo de fazer a defesa.?

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos