Com Paulinho em alta, Barcelona visita o Sporting em duelo de líderes

O Barcelona vai até Lisboa e enfrenta, nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), o Sporting no Estádio do Alvalade, no encontro de líderes do Grupo D da Liga dos Campeões. E terá em campo a sua grande sensação. Messi, Suárez, Piqué? Eles também estarão no jogo, mas o cara da vez é o brasileiro Paulinho.

Contratado pelo Barcelona na janela de transferência, Paulinho tem se destacado com boas atuações. O jogador foi alvo de críticas da imprensa espanhola, quando acabou sendo anunciado pelo time catalão como o primeiro reforço da temporada 2017/2018.

Quem elogiou o brasileiro desta vez foi o companheiro Denis Suárez. O meia espanhol lamentou a forma como Paulinho foi criticado pelos jornalistas nos primeiros dias e fez questão de enaltecer a importância do atleta no time. Suárez declarou ainda que o brasileiro tem sido importante na parte tática e

disse que ele é um "animal" por ter boas chegadas ao ataque e ajudar atrás.

- Paulinho foi criticado injustamente, principalmente pelo momento em que chegou, quando Neymar saiu. Gosto de ver o futebol, não o Campeonato Chinês, mas na Seleção Brasileira o vejo. Está demonstrando o que é, um jogador físico, que nos traz muito a nível defensivo porque é muito forte.

Mas também ofensivamente. É um animal! Como aparece! E nos ajuda

na bola parada - afirmou Denis, em entrevista à rádio "Rac 1".

O camisa 15 da equipe blaugrana foi titular nas duas últimas vitórias do Barça (diante do Eibar e Girona), além de ter dado o gol da vitória sobre o Getafe. Pela camisa do Barcelona, o brasileiro já marcou dois gols e contribuiu com uma assistência até o momento pela equipe espanhol.

REENCONTRO

Para o duelo diante do Barcelona, o Sporting brigará com os espanhóis pela liderança do grupo, uma vez que ambos venceram na estreia da Champions. Do lado do time do técnico Jorge Jesus, um jogador terá um gosto para lá de especial nesta quarta: Mathieu, que reencontrará seu ex-time, onde esteve de 2014 até junho deste ano.

Na antevisão ao embate, o zagueiro francês não escondeu que o jogo será "especial", porém reiterou a pretensão dos Leões em sair vitoriosos.

- Será um jogo especial para mim. Joguei três anos no Barcelona. Vamos tentar ganhar este jogo porque queremos ganhar todos, além de estarmos em casa. Eles são favoritos, mas faremos o máximo possível para sair com a vitória - comentou.

JUVE VOLTA DE RESSACA

A Juventus não está acostumada a enxergar os adversários de baixo para cima. No entanto, é o que tem ocorrido após a primeira rodada da Champions, quando perdeu para o Barcelona e foi para a lanterna do Grupo D. Nesta quarta, às 15h45 (de Brasília), a Velha Senhora receberá o Olympiacos, outro derrotado na estreia, no Juventus Stadium, com o intuito de alterar o cenário.

A equipe do técnico Massimiliano Allegri chega amparada por um respeitável retrospecto: já são 19 jogos invictos em casa na Liga dos Campeões, cuja última edição ficou com o vice-campeonato. Sem poder escalar os lesionados De Sciglio e Höwedes, Allegri salientou que os gregos não devem ser subestimados.

- Não estamos em condições de subestimar o jogo amanhã (quarta). Os campeões não podem subestimar as partidas e só temos um resultados: a vitória - frisou Massimiliano Allegri, que ainda não sabe se poderá contar com Khedira e Marchisio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos