Por chance de substituir Lucas Lima, Jean Mota pede sequência no Santos

  • Ivan Storti/Santos FC

Com o Lucas Lima lesionado, - sofreu uma lesão de grau 2 na coxa direita e deve ficar fora por um mês - Jean Mota se colocou à disposição do técnico Levir Culpi e pediu sequência no Santos. A justificava do camisa 39 é falta de oportunidade em sua posição de origem para mostrar sua habilidade e poder substituir o líder de assistências do grupo.

"Tive uma sequência como lateral. Difícil ter que provar em um só jogo, como eu vinha fazendo. Com uma sequência, fica mais fácil mostrar seu trabalho. Em um jogo não se mostra se tem condição ou não de substituir o Lucas Lima. Quero mostrar da melhor maneira que estou preparado para substituí-lo, caso ele saia", disse.

O camisa 10 será desfalque no clássico contra o Palmeiras, no sábado, às 19h. E Jean quer entrar em campo para, além de mostrar sua técnica como armador, quebrar o tabu do Peixe nunca ter vencido uma partida no Allianz Parque. Ele também falou sobre crer no título do Campeonato Brasileiro.

"O Levir deu essa meta de ficarmos 13 jogos invictos. Se conseguirmos isso, temos chances de conseguir o título. Por mais que a pontuação seja próxima, pensamos jogo após jogo e sabemos que temos chances de ganhar o título. Quebrar o tabu de ganhar no Allianz seria um passo importante", explicou.

Além de Jean, Vecchio e Léo Cittadini também são opções para o treinador. Porém, do trio, o camisa 39 foi o mais utilizado por Levir na ausência de Lucas Lima.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos