Além de Gabriel, Corinthians também terá Maycon em julgamento no STJD

Além do gesto obsceno de Gabriel em direção à torcida do São Paulo, outro ato durante a partida do último fim de semana foi denunciado pela Procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) e será levado a julgamento na próxima segunda-feira, a partir de 13h30: o volante corintiano Maycon será julgado com base no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que prevê uma a três partidas de suspensão por prática de "ato desleal ou hostil durante a partida" - o lance referido é o pisão no volante Petros, do Tricolor.

O ofício do STJD publicado nesta quarta-feira ainda confirma que o São Paulo será julgado pelo atraso no início do segundo tempo e Gabriel irá aos tribunais para se defender do momento em que segurou as partes íntimas em provocação à torcida do São Paulo. A denúncia é no artigo 258-A e prevê duas a seis partidas de suspensão no Campeonato Brasileiro. O caso dos objetos atirados em direção ao ônibus do Corinthians na entrada do Morumbi e que quebrou um dos vidros do veículo não irá a julgamento.

O Corinthians terá os dois jogadores à disposição neste domingo, quando visita o Cruzeiro no Mineirão. Na partida seguinte, contra o Coritiba, na Arena, a dupla pode não estar à disposição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos