Roma leva gol histórico de brasileiro, mas vence apertado na Champions

A Roma foi a Baku, capital do Azerbaijão, nesta quarta-feira, visitar o Qarabag, pela segunda rodada do Grupo C da Liga dos Campeões. E cumpriu o que se esperava: venceu, por 2 a 1, com gols do zagueiro Manolas e do centroavante Dzeko. Os mandantes diminuíram com o meia brasileiro Pedro Henrique.

Agora, a equipe italiana passa a ter quatro pontos e assume, provisoriamente, a liderança da chave - Chelsea e Atlético de Madrid, com quem a Roma empatou na estreia, se enfrentam logo mais. O Qarabag, goleado pelos Blues na primeira rodada, segue na lanterna e zerado.

O JOGO

A equipe da casa iniciou a partida empolgada e com a sua torcida em frenesi. Contudo, logo tomou um banho de água fria. Com apenas seis minutos, Manolas aproveitou bate-rebate e completou, de cabeça: 1 a 0. Em menos de dez minutos, Dzeko ampliara a vantagem, após dominar no peito, com estilo, e enfiar o sapato em direção à rede. Lindo gol do matador bósnio.

Ainda na primeira etapa, um lance histórico. Depois de uma saída de bola equivocada da Roma, Pedro Henrique, revelado pelo Grêmio, recebeu ótimo passe, bateu cruzado e fez o primeiro gol do time azerbaijano na história da Champions. A arquibancada tremeu!

O segundo tempo foi movimentado, intenso e marcado pela bravura do Qarabag em busca dos primeiros pontos no torneio. Mas, como Alisson, com uma atuação segura, não voltou a buscar a bola no fundo da rede, vitória - justa - para o time de Eusebio Di Francesco, que ainda precisa ajustar suas peças tenha a classificação às oitavas como escopo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos