Sem envolver Pablo, Corinthians vende 15% de Malcom ao Bordeaux

O Corinthians acertou a venda dos 15% dos direitos econômicos que tinha de Malcom ao Bordeaux (FRA). O atacante renovou nesta quarta-feira com o clube francês por mais um ano, até junho de 2021.

Essa venda não tem ligação com a negociação envolvendo Pablo, que está emprestado pelo Bordeaux ao Corinthians até o fim desta temporada. Há cerca de dois meses, o Timão já havia acertado a compra do zagueiro e envolveria a porcentagem de Malcom.

Entretanto, o advogado Fernando César, representante de Pablo, disse que o Corinthians não deu garantias de pagamento. Os valores de salários e luvas, além do tempo de contrato, também já estavam acertados entre as partes. Agora, as negociações estão emperradas.

Na época do acordo entre Corinthians e Bordeaux, havia sido acertada a seguinte forma de pagamento dos 3 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões) pela compra de Pablo: 1,2 milhão de euros (cerca de R$ 4,4 milhões) mais os 15% dos direitos econômicos de Malcom. Ou seja, o Timão venderia a fatia que tinha do atacante R$ 1,8 milhão de euros (cerca de R$ 6,6 milhões).

Agora, porém, de acordo com o "Meu Timão", o Corinthians receberá 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 16 milhões) pela venda dos 15% dos direitos econômicos. Malcom deixou o Timão rumo ao Bordeaux no início do ano passado.

Já Pablo chegou ao Corinthians no início desta temporada e tornou-se um dos destaques da equipe. Ele atuou em 44 jogos, todos como titular, e marcou dois gols.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos