Balbuena minimiza desfalque de Jô no Timão: 'Nem ele é indispensável'

Um dos capitães do Corinthians, o zagueiro Balbuena minimizou o desfalque de Jô para o jogo contra o Cruzeiro, domingo, às 16h, no Mineirão, pela 26ª rodada do Brasileirão. Ao ser questionado se o atacante seria "o titular mais indispensável do Timão", o paraguaio primeiro hesitou, mas depois opinou dizendo que nem o artilheiro da equipe é insubstituível.

- Não saberia te falar isso. Meu pensamento é de que todos são importantes aqui, nem o Jô é indispensável. se o Kazim fizer gol e der conta, ninguém vai falar da ausência do Jô. Futebol tem essas coisas. Não tem nenhum indispensável no time, qualquer um pode sair no time

Durante a entrevista coletiva após o treino desta quinta-feira, Balbuena deu apoio a Kazim, substituto de Jô no domingo. O zagueiro também lembrou de Carlinhos, a outra opção no ataque para o técnico Fábio Carille.

- A gente demonstra confiança nele e em todos, tem o Carlinhos também. Todo mundo tem noção de que quem jogar terá confiança de todos, falamos no vestiário, nas concentrações, antes dos jogos, que precisamos de todos. Não é porque o Kazim vai jogar agora que vamos demonstrar confiança, tem que ser sempre, porque em qualquer situação todos podem jogar e a confiança é 100% - afirmou Balbuena, que analisou a diferença com a entrada de Kazim no lugar de Jô.

- Há diferenças nas características, o Kazim é mais de área, mais forte, enquanto o Jô tem mais velocidade. O Kazim não vinha jogando quando entrou contra o Atlético-GO, a falta de ritmo jogou contra. Mas treinamos forte para todo mundo se sentir bem. Não só o Kazim, mas todo mundo que entra nós temos plena confiança no trabalho e não se preocupa muito. É apoiar ele, ajudar a fazer um bom trabalho. Estamos em uma reta do torneio muito importante e temos que manter um rendimento alto. Tem coisas a melhorar, mas é trabalhando que acontece. Seja Kazim, Jô ou Carlinhos temos confiança de que fará um bom trabalho - analisou Balbuena.

Jô será desfalque por conta de uma contratura na panturrilha da perna esquerda. O artilheiro da equipe nesta temporada, com 20 gols, ficará cerca de dez dias em tratamento e deve voltar a ser opção no jogo seguinte, contra o Coritiba, em 11 de outubro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos