Piqué desafia proibição e diz que vai votar em referendo da Catalunha

  • Lluis Gene/AFP

Diante das polêmicas envolvendo o referendo organizado pelo governo da Catalunha para o próximo domingo, o zagueiro do Barcelona Gerard Piqué utilizou suas redes sociais nesta quinta-feira para reforçar sua posição na questão.

Ele, que é declaradamente a favor dos separatistas, afirmou que deseja votar, mesmo que o governo espanhol considere uma medida ilegal. Piqué é nascido em Barcelona e já opinou várias vezes sobre esse assunto. A partida entre Barça e Las Palmas, marcada também para o dia 1º, pode ser suspendida pela falta de policiamento no Camp Nou.

"De hoje até domingo, vamos nos expressar pacificamente. Não lhes deem nenhuma desculpa, pois é isso que eles querem. Cantem bem alto e forte. #Votaremos", escreveu o jogador.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos