Por que não Carlinhos? Qual é o prazo para Pedrinho? Carille dá respostas

  • Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Recuperado de uma entorse no tornozelo esquerdo, o atacante Carlinhos voltará a ser opção do Corinthians neste domingo, contra o Cruzeiro, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, em vez de começar jogando, como pediram vários torcedores desde o diagnóstico da lesão de Jô, o garoto iniciará como reserva de Kazim, contestado pelas últimas atuações - inclusive contra o Atlético-GO, jogo que marcou a estreia do próprio Carlinhos como profissional.

Além de Carlinhos, outro pedido constante da Fiel torcida é por Pedrinho, que foi eleito como melhor jogador da Copa São Paulo de Juniores, mas entrou em campo apenas 16 vezes pelo time principal. O meia está sem atuar desde agosto, quando foi afastado para uma cirurgia de retirada de amígdalas. Durante a recuperação, Pedrinho enfraqueceu fisicamente e assim, ao contrário do parceiro da base, não estará no banco contra o Cruzeiro.

- Pedrinho foi uma questão da cirurgia, com isso perdeu muito peso, andou fazendo exames e tem que melhorar questões de vitamina no corpo. Ele tem dificuldades para se alimentar, caiu o peso. Por isso ele não teve uma sequência ainda, mas com certeza contra o Coritiba estará relacionado. Amadurecimento é jogando, deixando as coisas bem determinadas nos treinamentos, Pedrinho já teve participação legal, iniciou clássico, entrou contra Flamengo, Fluminense, de jogar sob pressão. É dando atenção, cobrando igual aos outros e quando há oportunidade colocar para jogar - explica Carille, que ainda comentou a situação de Carlinhos em entrevista coletiva.

- Carlinhos está treinando muito bem, um menino com muito potencial. Ele teve muitas lesões, ficou muito tempo parado. Mas é um jogador que está trabalhando e terá oportunidade no momento certo. Kazim é experiente, tem presença, sabe fazer pivô. Talvez seja um questionamento de vocês da imprensa, mas não vejo isso da torcida (por Carlinhos). Lá na Argentina ficamos muito tempo esperando o avião e vários torcedores vieram conversar, a maioria dizendo para não desistir de nenhum jogador. Se eu começasse com Carlinhos não conseguiria terminar por questões físicas.

O Corinthians inicia contra o Cruzeiro com Kazim na vaga de Jô como única alteração em relação ao time considerado ideal. A formação será a seguinte: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Kazim.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos