Unai Emery opina saída de Ancelotti, se derrete por Daniel Alves e fala de Ben Arfa

A entrevista coletiva do técnico do Paris Saint-Germain, Unai Emery, foi marcada por declarações a respeito da situação de Carlo Ancelotti, recém-demitido do Bayern de Munique, da performance de Daniel e Alves e o imbróglio envolvendo Ben Arfa, hoje no time B do clube parisiense.

Emery deixou claro que acredita que o colega de profissão Ancelotti, antigo treinador do próprio Paris Saint-Germain, é um "grande treinador", mas que conhece os ossos do ofício. O italiano foi demitido justamente após sofrer uma dura derrota por 3 a 0 para o PSG, pela Liga dos Campeões, quarta passada.

- (Carlo Ancelotti) É um grande treinador, com muita experiência, e sabe melhor que eu como funciona isto - comentou Emery.

Na coletiva, o técnico espanhol confirmou que Pastore não entra em campo neste sábado, quando o PSG recebe o Bordeaux, às 12h (de Brasília), pela oitava rodada do Campeonato Francês. Já Thiago Motta é dúvida. No entanto, o que mereceu foco foi quando o comandante sublinhou a "mentalidade vencedora" de Daniel Alves, titular absoluto na lateral direita.

- Ele é um verdadeiro vencedor, tem uma mentalidade vencedora. Um jogador que conquistou títulos e jogou nos melhores clubes do mundo. É por isso que está aqui em Paris. Todos estamos muito satisfeitos que ele tenha vindo. Esperamos que seja sempre produtivo e constante em campo - frisou.

Por fim, um assunto delicado. O advogado de Ben Arfa recorreu à Comissão Jurídica da Ligue 1 após o atacante ter ficado em segundo plano no clube e passar a treinar com o time B. Emery foi lacônico e se esquivou de polêmicas.

- Ele (Arfa) conhece a sua situação desde a pré-temporada e é um jogador da equipe B - falou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos