Ricardo Oliveira detalha vitória do Peixe: 'Não viemos dar espetáculo'

Se teve um time que dominou o clássico e fez pressão, este foi o Palmeiras. Porém, o vencedor foi o Santos, visitante, que até então não havia vencido no Allianz Parque. E o estilo defensivo e de contra-ataques foi defendido não só pelo técnico Levir Culpi, mas também por Ricardo Oliveira.

O camisa 9 foi o autor do gol da vitória do Peixe neste sábado e detalhou a atuação do time.

- Soubemos sofrer. Não viemos para dar espetáculo. Viemos para ganhar. Sabor especial é de fazer gol e ajudar o time. De vir aqui, com chuva, adversário qualificado e vencer. Esse é o sabor especial. Nossos objetivos estão sendo alcançados aos poucos. Sabíamos o que enfrentaríamos e vencemos.

- Os números são importantes, ficamos felizes. Mas o clássico em si já tem um gosto especial. Para nós são importantes os objetivos coletivos. Viemos sabendo das dificuldades. Para mim é especial fazer gol e ajudar o time a ganha - disse o capitão na saída do estádio.

Outro fato que chamou a atenção em relação ao camisa 9 foi o cumprimento a Fernando Prass, com quem tem histórico de discussão desde 2015, quando Santos e Palmeiras decidiram Campeonato Paulista e Copa do Brasil.

Neste sábado, Ricardo Oliveira cumprimentou o goleiro palmeirense após o camisa 1 defender com os pés um chute à queima roupa do atacante santista.

- Dentro de campo reconhecemos o trabalho de cada um. Foi espontâneo cumprimentar ele porque foi uma defesa maravilhosa. Ele não precisa de elogios, o que ele faz respalda o que ele é e por isso está em um grande clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos