Vasco perde muitas chances e acaba no empate com a Chape na Colina

Na última partida de punição com portões fechados em São Januário, o Vasco empatou em 1 a 1 com a Chapecoense, pelo Brasileirão, neste sábado. Estreando seu novo terceiro uniforme, o Cruz-Maltino jogou melhor, criou muitos oportunidades, mas mais uma vez não aproveitou as chances de matar a partida e acabou castigado. Andrés Rios marcou seu primeiro pelo clube e Reinando deixou tudo igual com um belo gol.

Como era esperado, o Vasco foi para cima da Chape e quase abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo. Após triangulação com Nenê e Wellington, Pikachu saiu na cara de Jandrei, mas parou em defesa do goleiro, que jogou para fora. Na cobrança de escanteio, Andrés Rios chutou com perigo após bate-rebate.

Com paciência, o time da casa procurou manter a posse de bola e trocar passes até encontrar os espaços. Aos oito minutos, quase abriu o placar. Mateus Vital deu boa enfiada de bola para Wellington, que dá entrada da área bateu para fora.

A Chapecoense tinha dificuldade de sair para o jogo e apostava nos contra-ataques. Jandrei fez boa reposição e Arthur quase teve grande chance, mas Martin evitou.

Mandando na partida, o Vasco abriu o placar aos 24 minutos. Wellinton tocou para Madson, Reinando não conseguiu cortar e o lateral tocou na medida para Andrés Rios fazer seu primeiro gol com a camisa cruz-maltina. Só dava Vasco e o time teve mais duas oportunidades de ampliar com Jean e Pikachu, ambas de cabeça.

No entanto, a Chape assustou após lambança da zaga vascaína. Breno recuou mal e Martin deu uma pixotada e a bola sobrou para Wellington Paulista, que chutou torto para fora. Logo depois, em contra-ataque, Arthur chutou com perigo e parou em boa defesa do goleiro.

O Cruz-Maltino começou o segundo tempo com a mesma vontade e criando oportunidades trocando passes e saindo em velocidade. Na mais clara delas, Pikachu cruzou, Nenê escorou de cabeça e Rios concluiu a um metro da linha, mas a bola bateu em Grolli, no rebote o atacante mandou para fora.

A Chape assustou com chutaço de fora da área de Reinando, que Martin defendeu e a bola ainda bateu na trave. Porém, logo depois o lateral empatou com um galaço. Ele recebeu pela direita, viu Martin adiantado e tocou por cobertura.

Após levar o empate, o Vasco quase não conseguiu mais criar, só duas vezes com Ramon e Manga. Já os visitantes apostaram no contra-ataque. Porém, o 1 a 1 seguiu no placar.

FICHA TÉCNICA:

VASCO 1 X 1 CHAPECOENSE

Local: São Januário, em Rio de Janeiro (RJ)

Data/Hora: 30/9/2017 (sábado), às 16h

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio - GO (FIFA)

Assistentes: Bruno Raphael Pires - GO (FIFA) e Leone Carvalho Rocha - GO (CBF)

Renda e público: -

Cartões amarelos: Jean, Breno, Thalles (Vasco)

Cartões vermelhos:

Gols: Andrés Rios, aos 24'/1ºT (0-1) e Reinaldo, aos 19'/2ºT (1-1)

VASCO: Martin Silva, Madson, Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean (Evander), Wellington; Yago Pikachu, Nenê e Mateus Vital; Andrés Rios (Thalles). Técnico: Zé Ricardo

CHAPECOENSE: Jandrei, Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Elicarlos (Dodô), Moisés Ribeiro, Lucas Mineiro e Arthur; Alan Ruschel (Penilla) e Wellington Paulista (Túlio de Mello). Técnico: Emerson Cris

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos