Marlos vibra com vitória do Shakhtar e fala sobre a convocação para a seleção ucraniana

Neste domingo, o Shakhtar Donetsk seguiu com a sua rotina de vitórias no Campeonato Ucraniano e venceu o Karpaty, por 2 a 0, em casa, pela 11ª rodada da competição. O triunfo mantém o clube na liderança, com 28 pontos. Os gols foram de Facundo Ferreyra e Fedetsky (contra).

O assunto esportivo que chamou atenção do país nesta semana, no entanto, foi a nacionalização do meia Marlos e a convocação do brasileiro para defender a seleção ucraniana nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018. Animado pela vitória, o jogador falou do triunfo deste domingo e comentou sobre a sua decisão de defender a seleção nacional do país europeu.

- Estamos felizes porque a vitória de hoje nos permite permanecer na liderança, independente do resultado do Dínamo. Sobre a minha decisão de jogar pela Ucrânia, foi tomada em conjunto com a minha família. Conversamos muito e achamos que era o melhor a fazer. Moramos na Ucrânia há seis anos e sempre fomos muito bem tratados por aqui. Muitas das nossas conquistas foram possíveis por causa das oportunidades que me deram no país e a decisão está tomada. O Andriy Shevchenko já tinha conversado comigo e passou toda a confiança em mim e no meu futebol. Mas essa decisão em nada muda o carinho que temos pelo Brasil. Somos brasileiros, assim como nossos filhos, e amamos o nosso país - afirmou.

Com a convocação, Marlos terá um papel fundamental para a classificação da Ucrânia para a Copa do Mundo da Rússia. Faltando apenas duas rodadas para o término das Eliminatórias Europeias, a equipe de Shevchenko soma 14 pontos e ocupa a quarta posição do Grupo I, atrás de Turquia, que também tem 14, Islândia e Croácia, ambas com 16 pontos. Os dois últimos compromissos do país serão contra a lanterna Kosovo, fora de casa, e o derradeiro duelo com Croácia, na Ucrânia. Apenas uma seleção garante vaga direta para o Mundial.

NÚMEROS DE MARLOS

Nesta temporada, Marlos tem 13 jogos, cinco gols e uma assistência. Desde que chegou ao Shakhtar, o brasileiro realizou 140 partidas, fez 29 gols, deu 30 assistências e conquistou seis títulos: Campeonato Ucraniano (2017), Copa da Ucrânia (2016 e 2017) e Supercopa da Ucrânia (2014, 2015 e 2017).?

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos