Seleção: treino desta terça terá todos os jogadores à disposição de Tite

Pela primeira vez desde o início de apresentações, o técnico Tite contará com todos os 24 jogadores convocados nesta terça-feira - Diego (Flamengo) e Miranda (Inter de Milão) são os "retardatário". Já classificada à Copa do Mundo de 2018, a Seleção Brasileira treinará, à tarde, visando quebrar um jejum de 32 anos sem vitória diante da Bolívia fora de casa, pelas Eliminatórias.

Novatos na Seleção, Arthur e Jorge - este último já chamado para amistoso - concederam entrevista coletiva na última segunda-feira. Os dois ainda estiveram em trabalho com campo reduzido com dois times formados por sete atletas na linha, e Ederson e Cássio nas balizas. A atividade teve duração aproximada de 40 minutos.

- Eu estou sempre pronto. Nunca joguei na altitude, mas se eu começar jogando eu vou dar o meu sangue de qualquer jeito - comentou Jorge, que também falou sobre a emoção de estar ao lado de Neymar.

- Me dá uma tranquilidade saber que estarei jogando ao lado do Neymar. Um dos melhores do mundo. Sabemos da força do PSG. Hoje estar aqui ao lado do Daniel Alves, do Marquinhos, do Neymar e do Thiago Silva é um sonho. Só tenho a aprender - comentou o lateral-esquerdo do Monaco.

Em alta na boa fase do Grêmio, o meio-campista Arthur esbanjou confiança para se manter em novas listas de Tite até o Mundial da Rússia.

- Tudo vem no tempo de Deus. Se fui convocado agora, perto da Copa, era para ser agora. Já dá para sentir o cheiro da Copa, faltam poucos meses. Se o Tite me convocou é porque acredita em mim e estou em seus planos. Tenho que aproveitar da melhor maneira possível e aprender bastante. Sei que a disputa é difícil, mas vou procurar meu espaço - falou o jovem atleta do Tricolor.

HELICÓPTERO DEU O QUE FALAR

A chegada de alguns jogadores de helicóptero à Granja Comary, localizada em Teresópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro, chamou a atenção e ecoou em veículos esportivo Brasil afora. Jorge chegou a brincar com a situação e revelar que Jemerson, companheiro de Monaco, sofreu com a viagem aérea.

- Foi a primeira vez que voei de helicóptero. Sensação maravilhosa. O Jemerson foi do meu lado suando frio (risos). Estávamos ainda com Gabriel Jesus, Paulinho e Fernandinho. Foi muito engraçado. Na hora que balançou, ele apertou o Gabriel Jesus e falou: ''Podemos ficar por aqui mesmo'' (risos). O sotaque do Jemerson já é engraçado, imagina ele com medo? - brincou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos