Argentina, Paraguai e Uruguai lançam candidatura da Copa de 2030

Argentina, Paraguai e Uruguai confirmaram, nesta quarta-feira, a candidatura conjunta para receber a Copa do Mundo de 2030. Em cerimônia na Casa Rosada, sede do governo argentino, em Buenos Aires, os mandatários da Fifa, Gianni Infantino, da Conmebol, Alejandro Domínguez, os presidentes dos três países: Mauricio Macri (Argentina), Horacio Cartes (Paraguai) e Tabaré Vázquez (Uruguai) e membros dos governos das três nações concretizaram a proposta.

Fontes do jornal "Clarín" apontam que serão oito sedes na Argentina, que inclusive receberá a abertura e a final do torneio, além de duas para Paraguai e Uruguai. O anúncio seria feito no mês passado, mas Infantino requisitou presença no evento, adiando para outubro.

- Ratificamos esse compromisso. Vamos ter o apoio da Conmebol. A região merece. O que se busca não é só dar lugar à paixão que compartilhamos, estamos sempre buscando novos projetos. Vamos fazer um grande Mundial.

Os uruguaios surgiram com a ideia inicialmente, pois gostariam de receber a centésima edição do Mundial depois da primeira edição, que aconteceu no país. Devido aos poucos recursos financeiros e estruturais o país procurou os argentinos. O Paraguai só foi confirmado como membro na proposta no mês passado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos