Mesmo cortado, Thiago Silva segue com Seleção, que treina no São Paulo

Apesar de ter sido cortado da Seleção Brasileira por conta de uma lesão na coxa direita, o zagueiro Thiago Silva pediu e ficará com o grupo até a próxima terça-feira, quando o Brasil encara o Chile pela última rodada da Eliminatória da Copa do Mundo de 2018. Nesta sexta-feira, Thiago iniciou o tratamento de recuperação no CT do São Paulo, onde os comandados de Tite treinaram pela tarde.

Thiago se machucou no empate por 0 a 0 contra a Bolívia na última quinta-feira em La Paz. Novidade do time para ser observado por Tite, o zagueiro ficou apenas 28 minutos em campo. Depois do jogo, ele já previa o corte, mas decidiu retornar a Paris, onde defende o PSG (FRA), apenas depois do jogo de terça.

Para o seu lugar Tite chamou Rodrigo Caio, que já treinou nesta tarde com a Seleção mesmo tendo participado de atividade pela manhã com o São Paulo. Ao lado de quem foi reserva contra a Bolívia e de quatro jovens do sub-20 emprestados pelo Tricolor, o zagueiro fez um trabalho técnico em campo reduzido. A atração da atividade, no entanto, foi outro quarteto.

Em outra parte do campo, Dani Alves, Neymar, Phillipe Coutinho e Gabriel Jesus travaram um divertido duelo de "futmesa", uma adaptação do tênis de mesa, mas com a bola de futebol. Dois de cada lado, proporcionaram lances de efeito, animando a atividade.

Tite observa tudo à distância e ainda teve conversas particulares com o lateral-esquerdo Jorge, do Monaco (FRA), e Gabriel Jesus. O técnico ainda não anunciou o time que irá a campo contra o Chile, mas já deu algumas informações. Ederson terá chance no gol no lugar de Alisson e Marquinhos deve substituir Thiago Silva, enquanto Jemerson é outra opção. A Seleção folga neste sábado e volta aos treinos domingo na Academia de Futebol do Palmeiras, ao lado do CT do São Paulo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos