Eduardo Baptista comenta derrota para o Cruzeiro e pede foco no Santos

Depois de comandar o placar até a metade do segundo tempo, a Ponte Preta não conseguiu segurar a pressão do Cruzeiro e saiu derrotada por 2 a 1, na tarde do último sábado, no Mineirão. Para Eduardo Baptista, a Macaca poderia ter aproveitado melhor as chances do primeiro tempo para ir com uma vantagem melhor para o intervalo.

- Fizemos um primeiro tempo muito bom, marcamos, conseguimos ter uma saída, acredito até que poderíamos ter saído um pouco mais. No segundo tempo sentimos essa sequência, alguns jogadores baixaram o ritmo um pouco, e tivemos dificuldade de atacar e de ter a bola. E o Cruzeiro, com sua qualidade, foi feliz e saiu com a vitória - avaliou.

Perguntado se a estratégia programada antes do jogo era a luta por um empate, o treinador desmentiu, afirmando que nessa altura do campeonato é preciso entrar em todos os jogos pensando somente nos três pontos.

- Quando se joga Série A não se pode ir para um jogo esperando derrota. Trabalhamos sempre para vencer. No primeiro tempo, se a Ponte tivesse tido um pouco mais de tranquilidade, poderia ter saído com um placar mais elástico. E no segundo tempo tivemos dificuldade, todas as substituições foram por questão física e fica um pouco amarrado para mexer. Viemos para conquistar o resultado, estávamos conseguindo por grande parte do segundo tempo, mas infelizmente não deu. Agora em casa termos que buscar para continuar somando - enfatizou.

Já projetando o jogo contra o Santos, que acontece nesta quinta-feira, no Moisés Lucarelli, Eduardo reforça a importância de conseguir bons resultados dentro de casa para continuar lutando contra o rebaixamento.

- Nessa reta final todo jogo é pedreira. Está tudo muito nivelado. Para a Ponte Preta o que nós buscamos é fazer o estádio forte, somar os pontos e buscar também fora de casa. Não dá para falar que passando Santos e Palmeiras fica mais fácil. É tudo igual, jogo de concentração, entrega, temos que estar organizados e prepardos para fazer os pontos que precisamos, para sair dessa situação - completou o treinador.

Ponte Preta e Santos se enfrentam nesta quinta-feira, às 17h, no Moisés Lucarelli, em Campinas. Com a derrota para o Cruzeiro, a Macaca estacionou na 15ª posição, com 31 pontos, apenas um a mais que o Sport, primeira equipe dentro do Z4.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos