Polônia carimba passaporte para a Copa do Mundo de 2018; Eslováquia pode não disputar a repescagem

A Polônia não teve dificuldades para garantir o primeiro lugar do Grupo E e venceu Montenegro por 2 a 1. A Copa do Mundo de 2018 vai ser a oitava dos poloneses, que não costumam ir bem na competição - as melhores campanhas foram em 1938 e 1978, quando caíram nas Quartas-de-Final. Pelo Grupo F, a disputa era pra saber quem iria para a repescagem, e a Eslováquia ficou com a vaga após vencer Malta por 3 a 0.

Para garantir a vaga direta para a Copa do Mundo de 2018, a Polônia precisava pelo menos de um empate, mas venceu Montenegro, apesar de levar alguns sustos. Depois de abrir 2 a 0 logo no inicio da partida com Maczynski e Grosicki, respectivamente, os poloneses sofreram o empate com Mugosa e Tomasevic, mas Lewandowski e Stojkovic (contra) definiram o placar em 4 a 2.

Com a vitória da Polônia sobre Montenegro, a Dinamarca se garantiu na segunda posição do Grupo E mesmo empatando com a Romênia por 1 a 1. Christian Eriksen, que atua pelo Tottenham, abriu o placar para os dinamarqueses e Ciprian Deac igualou para os romenos.

Buscando o segundo lugar, a Eslováquia não teve maiores dificuldades para passar por Malta por 3 a 0. Os gols da partida foram marcados por Nemec duas vezes e por Duda. Com o empate por 2 a 2 com a Eslovênia, a Escócia - que começou a rodada na segunda posição - acabou caindo na tabela e não vai disputar a repescagem.

Mesmo com o segundo lugar do Grupo F garantido, a Eslováquia pode não disputar a repescagem, uma vez que - até o momento - é a pior segunda colocada da competição.

Também pelo Grupo F, a Inglaterra, já classificada, não teve dificuldades para vencer a Lituânia por 1 a 0. O gol da partida foi marcado por Harry Kane de pênalti, na marca de 27 minutos do primeiro tempo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos