Petros lamenta falha de Bruno Alves: "Time não pode sofrer gol de lateral"

Um dos líderes do elenco do São Paulo, o volante Petros deixou a Arena Independência, em Belo Horizonte, muito chateado com a derrota para o Atlético-MG por 1 a 0. Ele reconheceu a qualidade do adversário, mas lamentou que o embate tenha sido decidido em uma falha individual. Referiu-se ao pênalti cometido por Bruno Alves em Valdívia, lance que originou o gol de Fábio Santos.

"O Atlético-MG saiu mais na primeira parte. Voltamos melhor no segundo tempo, mas numa infelicidade cometemos o pênalti. Foi pênalti. Derrota dura. Mas serve como alento os outros resultados que conseguimos. O jogo era muito difícil, Atlético-MG em sua casa, com grandes jogadores. O momento do Atlético-MG é um pouco mentiroso, porque eles são uma grande equipe", analisou o camisa 6.

"A gente melhorou no segundo tempo, mas cometemos um erro individual, foi pênalti", reforçou o volante.

No lance do pênalti, Marcos Rocha jogou a bola para a área em cobrança de lateral. Bruno Alves perdeu a disputa com Valdivia e puxou o atleticano, sendo assinalada a penalidade. Petros disse que uma jogada tão conhecida deveria ter sido evitada.

"Victor e Sidão são dois grandes goleiros, foram no meu ponto de vista os dois destaques da partida. O Sidão tem ido muito bem. E não podemos tomar um gol de lateral", decretou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos