Atlético e Barcelona fazem clássico no sábado; Real pega o Getafe

A oitava rodada do Campeonato Espanhol reserva um clássico de tirar o fôlego. O Atlético de Madrid recebe o Barcelona, às 15h45 (de Brasília) deste sábado, no primeiro clássico entre as duas equipes no Wanda Metropolitano, novo estádio do Colchonero. É a chance dos madrilenhos embolarem um pouco mais a competição.

O Barcelona lidera o Espanhol com 21 pontos e 100% de aproveitamento nas sete primeiras partidas. O Atlético de Madrid está em quarto, com 15. Já o Real Madrid soma 14, na quinta colocação.

O técnico Diego Simeone fez questão de elogiar o rival deste sábado, enaltecendo o trabalho de Ernesto Valverde e o seu novo esquema à frente do Barcelona.

- Este Barcelona tem outras características, mas os meio-campistas seguem os mesmos. Estão se reinventando no estilo que tinha Valverde no Athletic, no 4-4-2. No entanto, Messi e Suárez, sem preocupações defensivas, podem trazer perigo ao adversário a qualquer momento - avaliou Simeone, em entrevista coletiva.

O treinador argentino falou da volta dos sul-americanos, que atuaram no meio de semana pelas Eliminatórias para Copa do Mundo. Simeone não acredita que Suárez e Messi chegarão cansados para a partida.

- Suárez chegou igual a Godín e Giménez. E Messi pegou o avião do Equador para chegar o quanto antes. É questão de profissionalismo. Eles estão acostumados, são competitivos, ainda que possam aparecer cansados.

O brasileiro Filipe Luís e o argentino Augusto Fernández devem ser desfalques contra o Barcelona.

BARCELONA TENTA MANTER VANTAGEM NA PONTA

Líder isolado do Campeonato Espanhol, o Barcelona tenta manter os 100% de aproveitamento na competição. Para isso, precisa bater o Atlético de Madrid em seu novo estádio.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o técnico Ernesto Valverde afirmou que o Barcelona terá que trabalhar muito para poder superar a defesa rival.

- O Atlético tem goleadores, mas divide muitos os gols. E os adversários custam a levar perigo, é um time solidário e que defende muito bem. É verdade que temos bons números, nossa ideia é conceder pouco ao Atlético. É um rival incômodo, que começa forte e se puder ir à frente, faz pressão.

Valverde praticamente cravou a escalação de Messi contra o Atlético de Madrid. O jogador marcou os três gols da Argentina sobre o Equador, na vitória por 3 a 1, que garantiu os hermanos na Copa do Mundo. A partida causou desgaste no camisa 10, mas nada que o tire do jogo.

- Ele fez uma pré-temporada normal. Com Copa do Mundo e outros campeonatos, é mais difícil para os jogadores. Penso que ele está forte, este início de temporada pensamos que era importante que ele nos ajude, e isso sempre valorizamos. Ele está bem e considero oportuno que jogue.

REAL VISITA O GETAFE

Com muitos desfalques, o Real Madrid encara o Getafe, fora de casa, às 11h15 (de Brasília) neste sábado. O técnico Zinedine Zidane terá muitos desfalques para o duelo, que marcará o seu 100º jogo como comandante dos Merengues.

Entre as baixas estão Gareth Bale, Carvajal, Theo Hernández e Kovacic. Por outro lado, Benzema, Kroos, Marcelo e Navas são dúvidas e não devem atuar.

Em entrevista coletiva, Zidane falou sobre os desfalques. O francês explicou a situação de Gareth Bale.

- Ele está a cada dia melhor, mas não pode jogar. Ele teve duas coisas: primeiro contra o Dortmund, onde ele parecia só um pouco sobrecarregado. Depois, sentiu algo mais. Eu não posso dizer quando, mas ele está melhor a cada dia. Não podemos dizer quando, mas ele está melhor a cada dia. Não podemos dizer se voltará em uma semana ou 10 dias. Ele quer voltar o quanto antes, e isso é bom.

Já Carvajal é baixa por conta de uma infecção viral do pericárdio, membrana próxima ao coração. Zidane pediu paciência com a situação do lateral.

- Todos vocês sabem o que o Dani tem com o coração, não podemos brincar. Há de ter um pouco mais de paciência com o que aconteceu. Ele está bem, e as pessoas que cuidam de sua recuperação o fazem perfeitamente. Queremos o Dani 100%, pode ser que esteja (pronto) em uma ou duas semanas, vamos ver. Ele quer voltar, mas o importante é sua saúde.

O presidente Florentino Pérez parabenizou Zidane pela marca expressiva à frente do Real Madrid.

- Zidane é talento puro. Ele simboliza trabalho e busca pela perfeição. Não há ninguém que tenha mais fome de títulos e que, ao mesmo tempo, é humildade. Ele tem a tarefa de levar à felicidade milhões de adeptos do Real Madrid que são dos mais exigentes.

VEJA TODOS OS JOGOS

SEXTA-FEIRA

Espanyol x Levante

SÁBADO

Athletic Bilbao x Sevilla

Getafe x Real Madrid

Alavés x Real Soecidad

Atlético de Madrid x Barcelona

DOMINGO

Eibar x Deportivo La Coruña

Girona x Villarreal

Málaga x Leganés

Bétis x Valencia

SEGUNDA-FEIRA

Las Palmas x Celta de Vigo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos