Svilar se posiciona após mais um gol contra e bater recorde na Champions

Aos 18 anos, Mile Svilar já vive um estouro de emoções. No jogo de ida contra o Manchester United, pela Liga dos Campeões, o Benfica saiu derrotado graças a um gol contra bizarro do jovem goleiro. Na ida, ocorrida na última terça, na Inglaterra, o belga novamente teve seu nome na súmula vinculado à bola contra o próprio patrimônio, porém desta vez por infelicidade.

Antes de voltar ao inferno, o céu: Svilar defendeu um pênalti de Martial, quando o jogo ainda estava em 0 a 0, e bateu um recorde. No fim, o Benfica saiu derrotado outra vez, agora por 2 a 0 - na ida, perdeu em Lisboa por 1 a 0. Sob holofotes, o arqueiro saiu de campo resignado.

- Foram muitas emoções. Nada podia fazer, é uma questão de sorte. Nada podia fazer - afirmou Svilar.

- Tentei desfrutar do jogo, na minha idade é especial jogar nestes estádio, com grandes torcedores do Benfica nas bancadas. Infelizmente, não conseguimos vencer, mas penso que foi a nossa melhor exibição na Champions - completou.

Svilar tem sido titular no lugar do brasileiro Julio Cesar, de 38 anos. Ainda em busca de afirmação, ele se tornou o goleiro mais jovem a defender um pênalti na Liga dos Campeões, com 18 anos e 65 dias, o que foi confirmado pela Uefa.

O Benfica de Svilar está praticamente eliminado da Liga dos Campeões. O time encarnado está zerado a na lanterna do Grupo A, restando apenas dois jogos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos