Tropeço do líder e sequência em casa: Santos tem nova chance no Brasileiro

Depois da derrota no clássico, o Santos tem vantagens nas duas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro: tanto o jogo contra o Atlético-MG, que ocorrerá no sábado, às 17h, quanto o confronto com a Chapecoense serão disputados na Vila Belmiro.

Diferentemente dos seus rivais Corinthians e Palmeiras que se enfrentarão no domingo na 32ª rodada do Brasileirão e do Grêmio que joga fora de casa contra a Ponte Preta, na 33ª, o Peixe estará no conforto do Alçapão em ambas as partidas.

Para Lucas Veríssimo, a vantagem de jogar na Vila é poder propor o jogo e ter frutos no final da competição com possíveis vitórias, além de crer que o duelo entre Corinthians e Palmeiras favorece o Peixe.

- Jogando em casa nós temos de propor o jogo e buscar as vitórias o tempo todo. Nossa equipe precisa para a sequência do campeonato. Estamos nos comportando bem. Sabemos desse confronto direto do Corinthians contra o Palmeiras e que pode nos favorecer. Temos de pensar em nós. Tenho certeza que lá no final podemos colher bons frutos - disse o defensor.

Outra proveito que o Alvinegro teve, apesar de não ter tido o mérito, foi ver o líder ser derrotado pela Macaca por 1 a 0, no último domingo. No dia anterior o time da Baixada também perdeu para o Tricolor por 2 a 1. Ambos não acumularam pontos, somente o Verdão, que empatou com o Cruzeiro por 2 a 2.

Um fator decisivo para a reta final do campeonato é o novo técnico Elano, que comandará a equipe até o fim deste ano. E o treinador já fez algumas alterações e começou pelas folgas que o ex-comandante Levir Culpi dava ao elenco. Sob o comando do antigo treinador, o elenco teria três dias de folga após o clássico e só retornaria nesta quarta-feira. Com Elano, os jogadores trabalharam segunda e terça.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos