Algozes, Fla e Grêmio podem ampliar chances do Bota na Liberta-2018

A eliminação do Sport da Copa Sul-Americana, na noite da última quinta-feira, confirmou uma situação curiosa. Se fracassar na luta por uma vaga no G7 do Campeonato Brasileiro deste ano, o Botafogo terá que torcer pelos seus algozes desta temporada: Flamengo, que bateu o Glorioso na Copa do Brasil, e Grêmio, que despachou o Alvinegro na Libertadores. Curiosamente, as duas equipes se enfrentam no domingo, às 17h, no Sul. Para o Botafogo, o melhor resultado é o empate.

O Rubro-Negro, que também é um rival estadual, está na semifinal da da Sul-Americana e encara o Júnior Barranquila, da Colômbia. A final do torneio é em 13/12, depois da última rodada do Brasileirão. Atrás do Botafogo no nacional, com 47 pontos e uma posição abaixo, o Fla está em sétimo e pode ultrapassar o time comandado por Jair Ventura e tirá-lo do G7, mas abrir nova vaga.

Já o Grêmio tem mais chances de beneficiar o Glorioso. O clube gaúcho está na final da Libertadores e decide o título contra o inexperiente Lanús, debutante nessa altura do Campeonato. Mas, além disso, o Tricolor está na frente do Bota no Brasileirão. É o quarto, com 51 pontos, duas posições a frente do Alvinegro e tem três pontos a mais.

Para não torcer pelo rival e pelos algozes, o Botafogo precisa só fazer a sua parte no Campeonato Brasileiro. Em sexto, com 48 pontos, o clube tem uma 'Copa do Mundo' até o fim da temporada. São sete jogos, a começar pelo clássico com o Fluminense, neste sábado, às 19h, no Nilton Santos. Ficar no G7 dá uma vaga na Pré-Libertadores do ano que vem. Terminar no G4 já deixa o Bota diretamente na fase de grupos da competição continental. Lembrando sempre que o Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil, está 'fora' desta disputa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos