Oswaldo define Cazares como titular e se mostra otimista para 2018

Depois de confirmar o meia Cazares no time titular que enfrentará o Santos neste sábado, o técnico Oswaldo de Oliveira falou sobre suas perspectivas para a próxima temporada. Com contrato até dezembro de 2018, sua permanência ainda será avaliada após a eleição presidencial do Atlético-MG, que será realizada no final deste ano.

A equipe titular que enfrenta o Peixe às 17h deste sábado, na Vila Belmiro conta com Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson e Elias; Otero, Robinho e Cazares; Fred. Perguntado sobre a entrada do meia equatoriano, o técnico explicou o que o levou a realizar a alteração.

- Na maneira de montar a equipe, na primeira reunião com eles eu disse: 'nós temos sete jogadores para três posições que é a linha entre o Fred e os volantes'. E eu avisei a eles, Cazares, Otero, Valdivia, Luan, Marlone, Clayton (e Robinho), que faria algumas modificações pela característica do jogo ou pelo desgaste. O Valdívia é um jogador que em todos os jogos fizemos a alteração dele, porque ele sofre um desgaste, já que realiza uma função tática importante. Então, vai muito em função disso. E eu também quero explorar a velocidade do Cazares neste jogo. E, por isso, estou fazendo esta alteração - disse Oswaldo durante entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira.

Em período de mudanças na diretoria atleticana, Oswaldo se mostra otimista e acredita que permanecerá no clube no próximo ano. Mesmo tendo contrato até o fim da próxima temporada, o treinador precisa aguardar o resultado da eleição presidencial para ter certeza de que dará continuidade ao seu trabalho na Cidade do Galo.

- Minha expectativa é muito otimista. Eu tenho muita vontade de permanecer e dar continuidade ao trabalho. O Gallo, em particular, é uma pessoa que eu conheço muito bem, já trabalhou comigo, já tivemos vários encontros, uma pessoa que tenho afeição e bom entrosamento. Então a minha expectativa é muito positiva. De certa forma, embora sem manter o foco direto, mas o Atlético precisa trabalhar para desenvolver o planejamento para 2018. E nós temos procurado fazer isso também, embora sem a definição. Mas eu vejo com muito otimismo e quero dar continuidade ao meu trabalho aqui no ano que vem.

Favorito no pleito, Sette Câmara já iniciou o planejamento para 2018. Além de definir Alexandre Gallo como futuro diretor de futebol, caso seja eleito, Câmara afirmou que ainda vai se reunir com o técnico Oswaldo de Oliveira.

- Ele tem contrato até o final do ano de 2018. Nós ainda vamos conversar com o Gallo e, depois, nós vamos sentar com o Oswaldo e vamos analisar o Atlético de 2018. Passar por tudo isso aí - disse Sette Câmara em entrevista à Rádio Itatiaia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos