Valentim espera ter elenco todo à disposição e mantém três dúvidas

  • Daniel Vorley/AGIF

    Palmeiras tentará diminuir a vantagem do líder Corinthians

    Palmeiras tentará diminuir a vantagem do líder Corinthians

Alberto Valentim acredita que terá todo o elenco do Palmeiras à disposição para o clássico contra o Corinthians, às 17h deste domingo, em Itaquera. Isso significa que o zagueiro Yerry Mina, o volante Bruno Henrique e o atacante Willian, desfalques no empate por 2 a 2 com o Cruzeiro, podem voltar à equipe se o treinador quiser. Eles brigam, em tese, com Juninho, Jean e Borja.

"Provavelmente eu terei o grupo todo à disposição. Estamos fazendo algumas variações de características, de modelo de jogo, para a gente decidir quem começa jogando, disse Valentim, antes de comandar um treino fechado pelo segundo dia consecutivo

A briga no ataque é a mais equilibrada. Borja marcou dois gols na segunda-feira e vive sua melhor fase no clube, mas Willian é o artilheiro do elenco na temporada e um dos atletas mais regulares do ano. Ele está recuperado do edema na coxa esquerda que o tirou dos dois últimos jogos, tem feito trabalhos de transição e deve ser liberado pelos médicos.

Valentim despistou quando questionado se um titular que sai do time por lesão (caso de Willian) tem de voltar como titular quando estiver recuperado. "Depende muito do tempo inativo daquele que saiu e das atuações daquele que entrou", respondeu.

Mina, que era titular absoluto quando lesionou o pé esquerdo, em 9 de agosto, voltou como reserva de Juninho na vitória por 3 a 1 sobre o Grêmio. Segunda-feira, contra o Cruzeiro, o colombiano não foi nem para o banco de reservas porque não sentiu confiança na parte física e viu de fora a atuação ruim de Juninho, autor de um gol contra.

No meio de campo, Bruno Henrique cumpriu suspensão diante da Raposa e foi substituído por Jean. Titular nos três primeiros jogos de Valentim, ele deve retomar sua condição no Dérbi.

O provável Palmeiras tem Fernando Prass, Mayke, Edu Dracena, Mina e Egídio; Bruno Henrique, Tchê Tchê e Moisés; Keno, Dudu e Borja.

Além de Mina, Bruno Henrique e Willian, o Palmeiras deve ter Guerra e Michel Bastos de volta. O venezuelano se recuperou de luxação no ombro, enquanto o camisa 15 tinha uma inflamação no joelho.

"A cada dia tenho trabalhado mais. Quando você tem uma semana cheia, acaba tendo mais tempo para pensar, e isso faz a gente ter coisas a mais para colocar no trabalho. O legal é ter mais opções. Tenho um Bruno Henrique que volta, um Guerra que pode ficar à disposição, o mesmo para o Mina, que não foi para o último jogo, o Willian, que eu espero ter à disposição. Tudo isso faz com que eu trabalhe mais", comentou Alberto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos