Yotún defende Paolo Guerrero de acusações de doping na seleção

Titular na seleção peruana, o meia Yoshimar Yotún defendeu o atacante Paolo Guerrero, do Flamengo, das acusações por doping. Ele foi flagrado pelo uso de uma substância proibida em partida contra a Argentina, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia.

- Todos conhecemos Paolo bem. Ele tem uma trajetória limpa, e esses rumores são muito delicados. Estava treinando e não entendi nada ainda. Vamos nos inteirar do que está acontecendo. Se eu soubesse de algo, diria, mas não sabemos de nada - comentou Yotún após o treinamento preparatório para os duelos contra a Nova Zelândia, pela repescagem.

Um exame antidoping do atacante acusou o indício de uma substância estimulante (S6) no confronto contra os argentinos. A Federação Peruana de Futebol (FPF) publicou um comunicado confirmando que a Comissão Disciplinar da Fifa suspendeu o atacante provisoriamente por 30 dias.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos