Galiotte cita dois erros da arbitragem e diz que vai reclamar na CBF

O Palmeiras enviará uma representação à CBF reclamando do árbitro Anderson Daronco e de seus auxiliares, Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Junior. O clube reclama de dois lances do Dérbi deste domingo, vencido pelo Corinthians por 3 a 2.

- Houve dois lances em que a regra do jogo não foi aplicada. O Romero estava impedido no primeiro gol do Corinthians. Depois, o Gabriel estava sendo atendido e voltou para o campo sem autorização. E ele já tinha amarelo. O pênalti (de Edu Dracena em cima de Jô) eu acho discutível, interpretativo. Mas descumprir a regra em dois lances não pode - disse o presidente Maurício Galiotte.

De acordo com o dirigente, o Palmeiras já havia reclamado com a CBF após o empate por 2 a 2 com o Cruzeiro, segunda-feira, no Allianz Parque. Naquela partida, Heber Roberto Lopes anulou um gol legítimo de Borja, marcando falta inexistente.

- Faremos reclamação à CBF. Vamos fazer o relatório e mandar o vídeo, como fizemos depois do gol legal do Borja na segunda. Hoje, se o juiz não erra no primeiro gol por um não cumprimento de regra, não sai o segundo gol - completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos