Criciúma e Boa Esporte se enfrentam para fugir da zona da degola

Longe do G4 da Série B do Campeonato Brasileiro, a missão do Criciúma é melhorar seu rendimento atuando como mandante para não correr risco de se aproximar do Z4. Nesta terça-feira, às 19h15, o Tigre terá a chande de dar uma resposta ao seu torcedor no Heriberto Hülse, em jogo válido pela 34ª rodada da competição. Depois de encarar o time de Varginha, o Tigre ainda fará mais dois jogos em casa.

O Criciúma soma 43 pontos. São apenas quatro a mais que o CRB, time que abre a zona do rebaixamento. Já o Boa, com 40, pode ingressar no Z4 caso não faça a sua parte.

O time catarinense soma sete vitórias, três empates e seis derrotas atuando em casa. Tal desempenho faz o Criciúma ser apenas o quinto melhor mandante da Série B. Nos dois últimos jogos em casa, foram duas derrotas - para Vila Nova e Criciúma. A meta carvoeira é fazer do Heriberto Hülse um trunfo na reta final da Segundona.

A principal novidade no Criciúma será o retorno do atacante Lucão, que, com nove gols, é o artilheiro do Criciúma na competição.

O técnico do Criciúma, Beto Campos, pretende mandar a campo a mesma equipe que tem utilizado durante os últimos treinamentos. Ele deve contar com Luiz, Diogo Mateus, Raphael Silva, Edson Borges, Diego Giaretta, Barreto, Douglas Moreira, Alex Maranhão, Silvinho, João Henrique e Lucão.

Sem vencer desde o dia 26 de setembro, quando superou o Goiás por 2 a 0, o Boa Esporte tenta reagir para não ingressar na zona de rebaixamento. A tendência é que o lateral-direito Ruan desfalque o time. Ele não enfrentou o Londrina no último sábado e é dúvida para o duelo desta terça.

O técnico Nedo Xavier deve escalar a seguinte equipe: Fabrício, Igor, Caíque, Douglas Assis, Paulinho, Escobar, Diones, Thaciano e Fellipe Mateus, Casagrande e Rodolfo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos