Cannavaro pode assumir vaga de brasileiro pela segunda vez na China

Treinador há poucos anos, Fabio Cannavaro pode substituir um brasileiro pela segunda vez consecutiva. Depois de entrar no lugar de Vanderlei Luxemburgo no Tianjin Quanjian, o italiano de 44 anos pode assumir a vaga de Luiz Felipe Scolari no Guangzhou Evergrande, atual heptacampeão chinês.

Na última segunda-feira, Cannavaro optou por deixar o comando do Tianjin, onde comandou o brasileiro Alexandre neste ano, deixando a equipe na terceira colocação, zona de acesso à próxima Liga dos Campeões da Ásia. Cotado como favorito, ele deve concorrer com Carlo Ancelotti e o alemão Thomas Tuchel (ex-Borussia Dortmund) para assumir o Evergrande.

O Evergrande, por sua vez, viu Felipão se despedir do clube, que conta com os brasileiros Alan, Ricardo Goulart e Muriqui, após três temporadas. Curiosamente, o técnico pentacampeão do mundo chegou a Cantão para a vaga de Cannavaro, então em sua primeira experiência como técnico, em 2015.

Já do lado do Tianjin Quanjian, já há uma certeza à beira do gramado. Em 2018, a equipe de Pato será treinada pelo português Paulo Sousa, ex-Queens Park Rangers, Leicester, Basel e Fiorentina.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos