Defensor da Itália, às vésperas de repescagem: 'A Suécia mete menos medo sem o Ibra'

Às vésperas do decisivo duelo diante da Suécia, pela partida de ida da repescagem da Copa do Mundo de 2018, o lateral-direito italiano Florenzi deu uma declaração que apimenta o jogo, a ser realizado nesta sexta-feira, às 17h45 (de Brasília), na Friends Arena, na Suécia.

Optando pela sinceridade frente aos microfones, o defensor da seleção italiana afirmou que "a Suécia mete menos medo sem o Ibrahimovic", ícone do país e distante da seleção sueca desde meados de 2016. Mas fez um alerta.

- Sinceramente, a Suécia mete menos medo sem o Ibra, mas eles têm um bom time coletivamente. Eles têm bons jogadores no ataque, mas nós temos os melhores defensores do mundo. Eles estão sempre fechados e compactados, se movem juntos e não será fácil para colocá-los em perigo - disse o lateral da Roma, em entrevista coletiva, complementando:

- Não pode ser diferente, é uma partida fundamental e os motivos são conhecidos. A Suécia é física e joga com distância de poucos metros. Eliminou um time forte como a Holanda. Mas nós temos qualidade para jogar no ritmo deles, temos certeza de que podemos fazer uma grande partida.

Sem Ibra, a Suécia ficou na segunda colocação do Grupo A das Eliminatórias, superando a gigante Holanda, que terminou no terceiro posto pelo quesito saldo de gols. A Itália de Florenzi, por sua vez, ficou em segundo no Grupo G, cuja liderança e vaga direta ficou com a Espanha - à frente por cinco pontos.

O duelo da volta entre Itália e Suécia será realizado na segunda-feira, também às 17h45, no estádio Giuseppe Meazza (San Siro).

CONVOCADOS DA ITÁLIA

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos