Santos aposta em estudo para deixar posto de segundo que mais empata

  • MARCO GALVÃO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

A sequência dos últimos seis jogos do Campeonato Brasileiro não assusta o Santos. No primeiro turno, na mesma sequência, o Peixe venceu três (Chapecoense, Bahia e Flamengo) e empatou outros três (contra Vasco, Grêmio e Avaí), o que contabiliza um aproveitamento de 66,6%, insuficiente para alcançar o líder Corinthians que tem seis pontos a mais que o Peixe e precisaria tropeçar para encurtar a distância.

A quantidade de empates foi o que mais atrapalhou o Alvinegro de se aproximar da primeira colocação. No total, são 11 resultados iguais, número igual ao de Flamengo (7º colocado) e Avaí (12º) e inferior apenas ao do Fluminense, que tem 12.

Para tentar elevar o desempenho na reta final do Brasileirão, os jogadores do Santos tem apostado na lição de casa. Segundo o lateral-direito Victor Ferraz, após vencer o Atlético-MG no sábado, a maior parte do elenco assistiu ao empate do Vasco com o Vitória no domingo e avaliou o adversário da próxima quarta-feira em tempo real.

"80% do elenco viu o jogo do Vasco e até conversamos sobre isso nos grupos de Whatsapp. Estamos focados nos nossos adversários antes de pensar só no Corinthians, que é quem nós estamos em busca agora. Temos o combinado de pensar no próximo jogo para depois olhar a tabela. Precisamos vencer e sabemos que dos confrontos que o Corinthians tem. Se não vencermos, não adianta nada o Corinthians tropeçar. Temos visto muitos vídeos para estudar os adversários", comentou o camisa 4 em entrevista ao Sportv.

Sob o comando de Levir Culpi, que esteve à frente da equipe em 31 jogos, o Santos empatou 14, quase metade. No total, o ex-técnico teve 58% de aproveitamento.

O ala reconhece que o Santos estava em débito com relação à algumas apresentações, mas reitera o comprometimento coletivo.

"Estávamos devendo um pouco de desempenho, mas não por esforço. Estávamos tendo dificuldade, o Elano tentou fazer coisas diferentes. O Levir cobrava porque precisávamos melhorar. Que agora a gente consiga fazer bons resultados", acrescenta.

A vitória sobre o Atlético-MG, na última rodada, foi a terceira de Elano como treinador do Peixe. A partida também marcou sua reestreia no comando. Antes, havia vencido Botafogo e Atlético-PR.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos