Academia ao ar livre e quadra poliesportiva serão inauguradas na Baixada e Costa Verde do Rio

Com o objetivo de investir no esporte de base e na qualidade de vida dos moradores do Rio de Janeiro, a Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) fará a entrega de uma academia ao ar livre em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, e uma quadra poliesportiva na Vila do Abrão, em Ilha Grande, localizada na Costa Verde do Estado. Como contrapartida social do Rio Open 2017, a iniciativa faz parte do plano de legado do torneio, que é viabilizado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte e à Cultura. A inauguração da Academia acontece nesta sexta-feira, às 16h, na Praça dos Três poderes.

- Parceria boa é aquela que dá certo. Além de apoiar o Rio Open, que é o maior torneio de tênis da América do Sul, a Secretaria será responsável por entregar dois importantes espaços de fomento ao esporte e aos hábitos saudáveis. A academia ao ar livre e a quadra poliesportiva, frutos da contrapartida social da competição, são demandas antigas dos moradores das regiões de São João de Meriti e Vila do Abraão, respectivamente - afirmou o secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Thiago Pampolha.

A academia possui uma estrutura de 215 m² e conta com 15 aparelhos, que podem ser utilizados por pessoas de todas as idades. Uma equipe de profissionais de Educação Física, ficará à disposição dos frequentadores, com a intenção de auxiliar na prática dos exercícios. O espaço, com capacidade para atender 20 alunos por turma, poderá servir para treinos de até 320 pessoas por dia. A princípio, a equipe trabalhará na Praça dos Três Poderes, no bairro de Vilar dos Teles, em São João de Meriti, durante dois turnos: entre às 6h e 10h e das 17h às 21h.

Quadra Poliesportiva em Vila do Abraão

A obra que atende os habitantes de Ilha Grande deve ser inaugurada ainda neste mês. O espaço, que se assemelha a um ginásio por conta da cobertura metálica e da iluminação noturna também conta com alambrados. Para a prática de esportes na quadra, serão fornecidos postes e redes de vôlei, traves e redes de futebol e tabelas de basquete. Além disso, o local também poderá ser utilizado por pessoas da terceira idade, com o intuito da realização de atividades físicas e de lazer, além de poder sediar aulas de educação física das escolas municipais da região.

- Nossa região é carente de atividades esportivas porque, além de um campo de futebol, só tínhamos apenas uma quadra, que foi construída na época do presídio (da Ilha Grande). Com a ação do tempo e por falta reformas, o local está deteriorado. Não estava sendo utilizada mais, pois não havia segurança na quadra, que nem coberta é. Por isso, é de fundamental importância este novo espaço, pois além de muito esporte, será ocupado com os tradicionais eventos da nossa região - comemorou Jeferson da Silva, nascido e criado na Ilha Grande e membro da associação de moradores.

O Rio Open 2017 doou materiais esportivos de tênis, futebol, futsal, basquete, lutas e vôlei. A Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude enviou o saibro, raquetes e bolas à Escolinha de Tênis Fabiano de Paula, que funciona na Rocinha.

- Sempre buscamos ampliar o programa social do Rio Open. Buscamos entender as demandas tendo como diretrizes o esporte, a inclusão e a prática de atividade física. Ficamos muito honrados com entregas como a academia, a quadra e os materiais esportivos. Com iniciativas como essas queremos incentivar crianças, jovens e adultos a praticarem esportes - explicou Luiz Procópio Carvalho, diretor do torneio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos