Elano não descarta chance de título do Santos e evita crítica a Lucas Lima

A derrota para o Vasco de virada na Vila Belmiro deixou o Santos a nove pontos do líder Corinthians. No entanto, o técnico Elano não colocou o Peixe fora da briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

Logo após a partida desta quarta-feira, o treinador, que lidou com sua primeira derrota em quatro jogos, colocou como meta cinco vitórias nos próximos cinco jogos.

- Vi um jogo difícil. Uma equipe bem treinada. Tivemos algumas oportunidades mas não aproveitamos com gols. Fizemos um gol e era onde conseguiríamos fazer tudo que tínhamos treinado. Mas nem tudo sai como a gente quer. Fiz as mudanças para colocar o time para frente e coloquei os atacantes. Uma noite muito triste. Não podemos abaixar a guarda.

- Objetivo é conquistar cinco vitórias. É importante conquistar as vitórias que temos pela frente. Não sei se vou dormir nessa noite porque também sou apaixonado - disse.

Os próximos cinco jogos do Santos são contra Chapecoense (fora), Bahia (fora), Grêmio (casa), Flamengo (fora) e Avaí (casa).

Questionado sobre as críticas da torcida direcionadas a Lucas Lima, Elano preferiu não externar o que realmente pensa e prometeu uma conversa com o elenco na quinta-feira.

- Eu queria poder falar para vocês tudo o que acho. Mas por muito respeito que tenho pelos atletas, converso particularmente. Tive uma conversa com o Lucas Lima e deixei totalmente aberto para contar com ele. Não posso direcionar só para ele. Todos tem parcela em vitória ou derrota. Amanhã, na reapresentação, tenho a minha conversa para colocar meu ponto - pontuou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos