'Agressão' de Valencia vira 'ato hostil' e meia pode jogar contra o Furacão

Igor Rabello é o único desfalque do Botafogo por suspensão para o jogo contra o Atlético-PR, neste sábado. Parece óbvio, mas Valencia poderia ser outro a não poder ficar à disposição, o que não se confirmou. Na noite desta quinta-feira, o recurso do Glorioso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) foi julgado e resultou em reforma da pena.

Valencia havia sido expulso contra o Vitória, em 1º de outubro, após se enroscar com um adversário. Condenado por agressão física a quatro jogos de gancho, ele cumpriu a pena automática e, nesta quinta, a conduta foi desclassificada para ato hostil. Desta forma, ele tem que cumprir somente um jogo, e já o fez.

Neste mais de um mês entre a expulsão e o julgamento do recurso, Valencia perdeu muito espaço no Alvinegro. De opção frequente durante as partidas, já vem de três rodadas seguidas sem entrar em campo. Contra o Furacão, só não jogará se Jair Ventura novamente não quiser.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos