Contestados brilham e dão semana perfeita ao Corinthians

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O técnico Fábio Carille classificou a semana do Corinthians como "perfeita", e não é para menos. Em sete dias, o Timão saiu da situação de maior pressão e agora pode conquistar o Brasileirão já nesta quarta-feira. Tudo isso graças a três vitórias: sobre Palmeiras, Atlético-PR e Avaí. Nesses três confrontos, a equipe contou com o brilho de jogadores que vinham sendo contestados.

No Dérbi, quando o Palmeiras poderia diminuir a vantagem para apenas dois pontos, o atacante Romero abriu o caminho para a vitória alvinegra por 3 a 2, encerrando o jejum que durava desde o dia 12 de julho. O paraguaio chegou a ser reserva no jogo contra o Botafogo, duas rodadas antes, e ganhou sobrevida na equipe por conta da lesão de Marquinhos Gabriel.

Contra o Atlético-PR, foi a vez de Giovanni Augusto decidir. O meia saiu do banco de reservas no segundo tempo e fez o gol da vitória em Curitiba. O jejum dele era ainda maior, desde 29 de outubro do ano passado.

Por fim, Kazim brilhou no último sábado ao marcar de peito o gol da vitória sobre o Avaí. O gringo não balançava a rede adversária desde 18 de fevereiro.

"Eu fechei com os jogadores logo depois do jogo falando sobre isso. O Giovanni entrou em Curitiba e, além de ajudar no jogo, fez o gol decisivo. O Kazim tenho certeza de que se tiver mais oportunidades, melhora o jogo dele. Ele precisa de jogo, mas o Jô não está dando esse espaço, porque está fazendo um ano maravilhoso. Sei que se o Kazim ganhar ritmo, vai melhorar, mas não está tendo espaço para isso. Estou muito feliz mesmo. Sei o quanto esses jogadores ouviram. Teve jogo que coloquei o Giovanni e o estádio veio abaixo reclamando. Com o próprio Kazim também ouvi "Kazim não, Kazim não". Não desisto de jogador, e eles estão retribuindo e dando a volta por cima", comemorou Carille, na entrevista coletiva após a vitória sobre o Avaí.

Com os gols de Giovanni e Kazim, o Corinthians chegou a 14 jogadores que marcaram neste Brasileirão. A dupla entra na lista que já contava com Jô, Rodriguinho, Jadson, Romero, Balbuena, Maycon, Clayson, Marquinhos Gabriel, Pedro Henrique, Gabriel, Guilherme Arana e até Clayton, que já deixou o clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos