Sem jogar na Alemanha, William vira alvo do São Paulo para lateral direita

  • Michael Dalder/Reuters

    William em ação pelo Wolfsburg

    William em ação pelo Wolfsburg

O São Paulo tem definido que há a necessidade de contratar um lateral direito para a temporada 2018 e o novo alvo atua no exterior. Trata-se de William, revelado pelo Internacional e atualmente no Wolfsburg, da Alemanha. O jogador tem 22 anos e estava no grupo que conquistou a inédita medalha de ouro pela seleção brasileira nas Olimpíadas do Rio de Janeiro no ano passado.

William chegou ao Wolfsburg em junho deste ano, contratado do Internacional por cerca de 4 milhões de euros (cerca de R$ 14,6 milhões na época). Assinou contrato até junho de 2022. Os alemães investiram porque o consideram uma grande promessa brasileira. Por esses fatores, uma aquisição por parte do São Paulo é improvável, mas o clube avalia maneiras de tentar viabilizar a contratação, provavelmente por empréstimo. A situação do atleta na Alemanha neste momento pode ajudar, na visão dos são-paulinos.

Desde que chegou ao clube que disputa a Bundesliga (primeira divisão alemã), William atuou pouco. Foram apenas quatro jogos. O último foi no dia 22 de setembro, no empate em 2 a 2 com o poderoso Bayern de Munique (ALE). Ele começou jogando e saiu no intervalo. A última vez que foi relacionado e ficou no banco de reservas foi no dia 15 de outubro, no empate por 2 a 2 com o Bayern Leverkusen. Depois disso, houve mais três jogos. Somados, disputou 182 minutos. Apenas na estreia, empate por 1 a 1 com o Hannover 96, no dia 9 de setembro, disputou os 90 minutos.

Apesar do início abaixo, o principal objetivo de William é construir carreira na Europa até porque chegou a entrar em litígio para sair do Internacional. Neste ano, o jogador passou um período afastado antes da conclusão da negociação. Era titular absoluto do time, valorizado por ter sido chamado pelo técnico Roberto Micale para a Olimpíada. Ainda confia que se firmará no Wolfsburg, mas pode mudar se continuar ficando fora dos jogos até o fim do ano. A janela de transferências internacionais abre em janeiro. No momento, a equipe do lateral-direito ocupa a 14ª colocação do Campeonato Alemão, de 18 times, com 11 pontos conquistados.

O jogador tem o perfil que o São Paulo busca para reforçar o time. Jovem, atua em mais de uma posição. Além de poder atuar nas duas laterais, William joga no meio de campo, seja como volante ou aberto, quase ponta. Foi utilizado diversas vezes assim no Inter e convenceu. Pelo Colorado, disputou 119 jogos e marcou um gol. Foram 20 partidas este ano.

No momento, o São Paulo tem Bruno e Buffarini como laterais no elenco. O primeiro está machucado, tem contrato até dezembro de 2018, mas pode sair antes. O segundo não se firmou, nem sequer tem sido relacionado e deve ser negociado. Contrato vai até junho de 2019 e já há clubes interessados. Por isso, o técnico Dorival Júnior tem utilizado o jovem Militão, formado como zagueiro e volante, improvisado na lateral. O atleta de 19 anos tem ido muito bem, apesar de ter sido expulso neste domingo contra o Vasco, mas a comissão técnica quer utilizá-lo no meio de campo em 2018.

Por tudo isso, o São Paulo vai atrás de um lateral direito para 2018. No Brasil, o nome que mais agrada é o de Victor Ferraz, titular do Santos, mas não há negociações. Assim, o nome de William é um dos estudados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos