Jair admite pressão da torcida, nega ida ao Galo e prega foco no Botafogo

Em entrevista coletiva na noite desta quarta-feira, o treinador Jair Ventura, claro, exaltou os seus feitos no Botafogo. Ele lembrou que o Alvinegro está em segundo no returno do Campeonato Brasileiro, com 26 pontos e com bons resultados fora de casa. Apesar disso, ele reconheceu: há pressão da torcida por resultados, o que ele destacou encarar com normalidade, pois este cenário é rotina em qualquer clube grande.

- Time grande está sempre pressionado seja lá qual for o motivo e com a gente não é diferente. Quando você não vence os dois últimos jogos em casa e tem mais um pela frente vai ser assim também. Mas eu encaro isso com normalidade. Sabemos da importância do Campeonato e temos os nosso objetivos. Sempre jogamos para vencer comentou o técnico, antes de completar:

- O torcedor tem que ficar chateado pelas derrotas, sim. É como diz o hino do Botafogo: não podes perder, perder para ninguém. O torcedor fica triste. A gente também fica e por isso temos que dar o nosso melhor, mas nem sempre dar o nosso melhor é o possível. Vamos muito fortes vencer o Atlético-GO - completou.

O técnico Jair Ventura também negou qualquer tipo de acerto um outro Atlético, o mineiro. Nesta semana, o nome do comandante foi aliado ao do clube, mas ele reforça: é tudo apenas especulação, assim como a notícia de que ele iria para o Palmeiras. O treinador lembrou que tem contrato com o Botafogo até o fim de 2018 e quer cumpri-lo à risca.

- Não tenho nada acertado com o Atlético-MG. Estou feliz aqui, o Galo já tem treinador e ele ainda é meu amigo. Foco total no Botafogo. Tenho contrato e estou muito concentrado em levar o time à Libertadores do ano que vem - finalizou o treinador do Botafogo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos