Reserva, Trapp se preocupa com vaga na Copa e admite deixar o PSG

O goleiro Kevin Trapp vem perdendo cada vez mais seu espaço no time titular do Paris Saint-Germain e agora tem sido reserva de Alphonse Aréola. Após o duelo contra a França, em amistoso, o jogador admitiu certa insatisfação com a situação e a preocupação por não conseguir uma vaga na Alemanha para a Copa do Mundo.

- Estou feliz por ter jogado. Farei de tudo para ir para a Copa do Mundo. No entanto, é complicado para mim agora. Estou trabalhando todos os dias para estar pronto. No que diz respeito à Copa do Mundo, eu absolutamente tenho que estar jogando. Eu não sei se vou jogar pelo PSG nas copas da França, não falamos sobre isso ainda. Se eu não for jogar, eu preciso pensar - disse o goleiro, que foi titular com os alemães, na zona mista.

De acordo com o jornal espanhol "Sport", Trapp deseja deixar o PSG e se transferir para uma equipe onde tenha espaço para jogar. Seu atual contrato é válido até junho de 2020. No time de Joachim Löw, ele concorre com Bernd Leno, do Bayer Leverkusen. Manuel Neuer e Ter Stegen já tem sua vaga assegurada.

- Eu preciso jogar porque o técnico da seleção tem insistido que preciso estar atuando pelo meu clube. Eu tenho que perguntar algumas coisas a mim mesmo, refletir e falar com o clube. No entanto, agora, estou no PSG e não no Dortmund ou em qualquer lugar. Minha cabeça está no PSG, tenho cinco anos de contrato e vou dar tudo de mim - completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos