Abel ironiza árbitro, mas parabeniza Carille e Corinthians: 'Irrepreensível'

Ao abrir o placar no primeiro minuto de jogo, o Fluminense tentou adiar a festa do Corinthians, mas não foi possível. Na segunda etapa, o time paulista virou o placar, venceu por 3 a 1 e sagrou-se campeão brasileiro de 2017. Após o jogo, o técnico Abel Braga parabenizou o time e o técnico rival pelo título, mas não fez o mesmo com o árbitro Braulio da Silva Machado por sua atuação nesta quarta.

- Parabéns ao Corinthians e parabéns ao Carille pelo trabalho. Fizeram uma campanha irrepreensível desde o 1º turno - afirmou Abel, antes de seguir:

- Foram dois pênaltis não marcados. Primeiro no Scarpa e depois a a bola bateu na mão e o juiz não deu. Árbitro chegou a botar o apito na boca. Quero dar parabéns ao árbitro, digna de um jogo decisivo - ironizou o técnico do Tricolor.

Sobre a apresentação de seu time, que fez um primeiro tempo seguro e sem sustos na Arena do Corinthians, Abel Braga assumiu a responsabilidade pela derrota e descartou que o cansaço tenha influenciado nos gols sofridos pelo time na volta do intervalo - Jô marcou aos 1' e aos 3' da etapa final.

- Não teve nada de cansaço, é uma equipe jovem. A responsabilidade é minha. Time não pode tomar dois gols em três minutos. Sabíamos que eles se atirariam. Tínhamos que tentar pegar um contra-ataque e fazer o segundo.

O Fluminense volta ao Rio de Janeiro nesta quinta-feira, às 15h, no Aeroporto Santos Dumont. Na sexta-feira, às 16h, o elenco volta a treinar no CTPA. A próxima partida é contra a Ponte Preta, segunda-feira às 17h, no Maracanã.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos