Após eliminação, De Rossi pede desculpas a suecos por vaias ao hino

As vaias da torcida da Itália ao hino da Suécia no San Siro, no jogo entre as duas seleções pela repescagem da Copa do Mundo, incomodaram os jogadores do time da casa. Além de Gianluigi Buffon, que se manifestou contra os torcedores, Daniele De Rossi também se opôs ao ato.

De acordo com os veículos suecos, o volante italiano subiu no ônibus dos adversários após o confronto para parabenizar pela classificação ao Mundial da Rússia e pedir desculpas para pedir pelas vaias de seus torcedores.

- Só pensamos "uau! O que acabou de acontecer? Que cavalheiro!" Foi um dos melhores momentos que vivi em muito tempo, um verdadeiro capitão de grupo - disse o zagueiro Pontus Jansson, segundo o "Expressen".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos