Justiça dá liminar que dá vitória a chapa de Brant e até decisão final, eleição do Vasco fica sub judice

A eleição do Vasco ganhou um novo capítulo nesta quinta-feira. Em decisão liminar da juíza Maria Cecília Pinto Gonçalves, da 52ª Vara Cívil do Estado do Rio de Janeiro, responsável pelo processo movido por Fernando Horta que envolve a anulação ou não da urna 7, ficou decidido que a polêmica urna, que contou com 475 votos, seja neste primeiro momento desconsiderada no processo eleitoral na contagem do resultado. Com isto, por enquanto, o candidato de oposição Julio Brant com a chapa Sempre Vasco Livre torna-se o vencedor do pleito. Eurico Miranda, da chapa Reconstruindo o Vasco, fica por ora em segundo lugar.

*Mais informações em instantes

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos