Dortmund puniu Aubameyang por gravar no CT sem autorização

O Borussia Dortmund vive um momento complicado na temporada. Para completar, ficou sem seu principal jogador na derrota para o Stuttgart, na última sexta-feira. Pierre-Emerick Aubameyang foi barrado por "razões disciplinares" e, de acordo com a revista "Kicker", isso aconteceu porque ele gravou um vídeo no centro de treinamento sem a autorização do clube.

Muito se escpeculou na Alemanha que a punição era por contra de alguns atrasos recentes do atacante aos treinos. Mas, segundo o veículo, Auba levou, na última quarta-feira, o freestyler Séan Garnier e uma equipe de mais de 10 pessoas às dependências do Borussia para fazer um vídeo sem comunicar aos aurinegros.

Aubameyang ficou cerca de três horas no local com o grupo e acessou locais permitidos apenas a jogadores, membros da comssão técnica e pessoas autorizadas. Garnier, inclusive, é patrocinado pela mesma marca de energético do RB Leipzig, com quem o Dortmund disputa posição atualmente. Em entrevista ao "Bild", o atleta disse que foi pego de surpresa.

- Depois de Milão, eu entendi a punição e a suspensão porque eu violei uma regra. Dessa vez, eu não entendo. Eu não quis me atrasar - declarou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos