ATUAÇÕES: Em jogo ruim, volantes se destacam por São Paulo e Botafogo

Um jogo de muita marcação e pouca criatividade. Essa foi a tônica do empate sem gols, neste domingo à tarde, no Pacaembu, entre São Paulo e Botafogo. Por isso, os destaques de cada time foram os marcadores. Com bons desarmes e bons passes, Jucilei foi o destaque dos comandados de Dorival Júnior. Entre os cariocas, o também primeiro volante foi o mais lúcido: Rodrigo Lindoso. Veja as atuações, abaixo:

SÃO PAULO

6,0

Sidão

Quase protagonizou uma trapalhada ao repor a bola em cima do juiz, mas evitou o gol por cobertura. Fez boa defesa em chute de Valencia.

6,0

Militão

Levou vantagem nos duelos com Victor Luis na defesa. Não conseguiu muita coisa nas poucas vezes em que se aventurou no ataque.

6,0

Bruno Alves

Um erro logo no começo do jogo quase resultou em gol do Botafogo. Depois se acertou e ainda tirou uma bola quase sobre a linha.

6,5

Rodrigo Caio

Assustou a torcida ao errar um passe perto da área, mas teve bom desempenho em praticamente todos os outros lances.

6,5

Edimar

Sem sustos na defesa, deixou Pratto na cara do gol com um belo passe no segundo tempo (o argentino chutou na trave).

7,0

Jucilei

O melhor do jogo. Bem nos desarmes, bem na cobertura e bem na saída de bola, comandou o meio de campo são-paulino.

4,5

Petros

Talvez tenha feito sua pior partida desde que chegou ao São Paulo. Cometeu muitos erros e não conseguiu colaborar na frente.

5,5

Lucas Fernandes

Um ou outro lampejo, principalmente no primeiro tempo, mas nada que gerasse situações de gol para o São Paulo. Foi substituído.

6,5

Shaylon

Fez bom primeiro tempo, deixando Pratto na cara do gol e dando trabalho a Gatito em chute de longe. Cansou e saiu na etapa final.

5,0

Marcos Guilherme

Atuação bastante discreta. Não conseguiu superar a marcação com sua velocidade e também não apareceu na área para finalizar.

4,5

Pratto

Recebeu duas bolas em condições de gol: não dominou a primeira e chutou a outra na trave. Teve jornada ruim e foi substituído.

6,5

Cueva

Sua entrada, inegavelmente, aumentou a qualidade do time. As melhores jogadas do segundo tempo tiveram sua participação.

6,0

Júnior Tavares

Entrou no meio de campo, com a missão de aumentar o poder ofensivo da equipe pela esquerda. Apareceu para jogar, mas não teve sucesso.

6,0

Gilberto

Mostrou a disposição habitual ao voltar para disputar uma bola na linha de fundo da defesa tricolor, mas não teve chances de fazer seu gol.

5,0

Dorival Júnior

Seu time seguiu à risca a orientação de focar apenas em não cair. Mais uma atuação fraca que mostra a falta de ambição por algo maior.

BOTAFOGO

?6,5

Gatito

Foi muito pouco exigido, mas voltou a mostrar a segurança que o consagrou este ano. Grande defesa no início do segundo tempo.

6,0

Arnaldo

?Partida regular do lateral-direito. Não conseguiu apoiar tanto quanto gosta, mas também não chegou a comprometer na marcação.

6,5

Carli

?Começou cometendo alguns erros, mas logo se reabilitou e se impôs, como de costume. Sofreu na correria, mas foi bem pelo alto.

5,5

Igor Rabello

?Pareceu mal posicionado em alguns lances em que tentou ou ameaçou o bote. Neste jogo, porém, isso não resultou em perigo de gol.

5,0

Victor Luiz

?Deu um vacilo na marcação a Pratto quando o argentino acertou a trave e teve dificuldade para conter a velocidade do time mandante.

6,5

Rodrigo Lindoso

?Firme na marcação e competente na saída de bola, como de costume. Chegou como elemento-surpresa no início do segundo tempo.

6,0

Bruno Silva

?Voltou a ser alternativa pelo lado direito, apenas não esteve tão inspirado. Personagem da semana, foi mais consistente do que na quinta.

6,0

João Paulo

?Não conseguiu ser tão eficiente ao municiar os companheiros com lançamentos. Por outro lado, ajudou a travar o ataque rival.

6,5

Valencia

?Carrega sobre si uma responsabilidade que talvez não seja justa. Neste jogo, porém, teve liberdade e produziu algumas jogadas de perigo.

5,0

Guilherme

?Ao atuar desde o início, dificilmente causa o mesmo impacto de quando entra no decorrer das partidas. Pouco fez e deve voltar ao banco.

5,5

Rodrigo Pimpão

?A fase está longe de ser das melhores, mas o atacante mostrou a disposição de sempre e tentou bastante. Faltou mais inspiração.

6,5

Marcos Vinícius

?Contra uma marcação forte, chegou a produzir uma jogada de perigo. Com tempo, pode ser cada vez mais útil ao time de Jair Ventura.

-

Brenner

Entrou no fim.

-

Gilson

?Entrou no fim.

6,5

Jair Ventura

?O time voltou a apresentar os méritos que levaram ao sucesso, mas mantém as dificuldades para chegar ao gol. Mas foi concentrado sempre.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos