ATUAÇÕES: Mancuello volta ao time e faz golaço. Diego também vai bem

O campeão brasileiro teve a faixa carimbada neste domingo pelo Flamengo e os meias Mancuello e Diego contribuíram para a goleada rubro-negra por 3 a 0, na Ilha do Urubu. No Corinthians, Giovanni Augusto entrou no intervalo e foi o melhor do time no Rio de Janeiro. Os destaques negativos ficam por conta de Rhodolfo e Vizeu, que discutiram com gestos obscenos chegaram ás vias de fato. Confira as avaliações da partida:

ATUAÇÕES FLAMENGO

7,0

Diego Alves

Fez defesas importantes ao longo da partida, as quais possibilitaram a equipe de não sofrer em casa gols do campeão da competição.

6,5

Pará

Foi muito bem nas descidas pela direita, dando uma boa opção para os cruzamentos, aproveitando as falhas adversárias em seu lado.

5,0

Rhodolfo

Cumpriu bem o papel defensivo. Mas se envolveu em um lance de confusão com Felipe Vizeu que não condiz com a sua experiência. Chegou a dar um soco nas costas do companheiro e teve sorte de não ter sido expulso.

6,0

Rafael Vaz

Não prejudicou defensivamente a equipe, mas também não se sobrepôs para outras alternativas, como possibilidades em ajudar o ataque.

6,0

Trauco

Assim como o seu companheiro de posição, ficou escondido no jogo, mas também não prejudicou o andamento da equipe na busca da vitória.

7,0

Cuéllar

Bem nos desarmes, conseguiu ajudar a equipe também na ligação entre os setores. Foi a melhor opção para dar velocidade nesta característica.

6,5

Willian Arão

Ajudou na defesa e no ataque. No segundo tempo, salvou o time ao tirar em cima da linha uma bola que tinha sido cabeceada pelo Jô.

7,5

Mancuello

Fez um golaço no primeiro tempo, acertando o ângulo em chute de fora da área. Manteve o ritmo durante todo o tempo que esteve em campo.

7,5

Diego

Nome criativo da equipe, fez um papel fundamental para que as bolas chegassem com perigo no gol adversário. Ainda fez um gol de pênalti.

6,5

Geuvânio

Até sofrer o pênalti para o gol de Diego, pouco tinha feito. Depois, melhorou no volume de jogo, criando opções ao se movimentar.

5,5

Felipe Vizeu

Participativo, fez um dos gols da equipe no meio do primeiro tempo impecável. Como parte negativa, o gesto obsceno para o Rhodolfo na comemoração. Também teve sorte de não ter recebido o cartão vermelho.

6,5

Lincoln

Na estreia no futebol profissional aos 16 anos, mostrou maturidade e conseguiu deixar uma boa impressão junto ao treinador e torcedores.

6,5

Éverton Ribeiro

Deu uma movimentada no time ao entrar, participando com velocidade de lances os quais o time quase ampliou a goleada já aplicada.

6,0

Rodinei

Apesar do pouco tempo em campo, manteve o nível e ajudou o time a administrar o resultado diante do campeão do torneio sem dificuldades.

7,0

Técnico: Reinaldo Rueda

Conseguiu montar uma equipe titular que foi capaz de tirar um futebol até então não visto pelos torcedores. Foi bem também nas substituições.

ATUAÇÕES CORINTHIANS

5,0

Cássio

Não teve culpa nos gols, mas também não fez alguma defesa difícil.

5,5

Léo Príncipe

Teve menos trabalho na marcação, já que o Flamengo atacava mais pelo lado oposto. Foi bem ao ataque em um lance, com cruzamento para Jô.

5,0

Balbuena

Completou 100 jogos pelo Corinthians e não foi bem. Faltou firmeza em alguns lances, como no primeiro gol do Flamengo.

5,0

Pablo

Também teve vacilos na marcação e comoteu pênalti em Geuvânio.

5,0

Marciel

Outro defensor que não teve uma boa atuação. Sofreu com as subidas do Flamengo pelo seu setor e estava exposto em alguns lances.

5,5

Gabriel

Mostrou como o time estava relaxado. Costuma sempre combater e fechar os espaços à frente da área, mas teve uma atuação apagada.

4,5

Fellipe Bastos

Deu espaços no meio de campo, perdeu bola em lance que quase saiu gol do Flamengo e nem voltou para o segundo tempo.

6,0

Romero

Mostrou o esforço de sempre, ajudando na marcação e tentando as jogadas na frente. Levou o terceiro cartão amarelo.

6,0

Camacho

Não conseguiu produzir como meia no primeiro tempo, mas melhorou depois que foi recuado na etapa final. Fez boas jogadas.

5,0

Marquinhos Gabriel

Atuou pelo lado esquerdo e não conseguiu produzir. Errou passe bobo que originou o terceiro gol do Flamengo.

6,0

Companheiros não conseguiram ajudar o artilheiro, que recebeu poucas bolas. Nas duas chances que teve, levou perigo com cabeçadas.

6,5

Giovanni Augusto

Sua entrada melhorou muito a equipe. Buscou o jogo e ajudou na criação com bons passes.

5,5

Pedrinho

Atuou cerca de 20 minutos e não conseguiu brilhar. Sem insipiração, mas também não comprometeu.

6,0

Rodrigo Figueiredo

Entrou aos 40 do segundo tempo, mas recebe nota por ter feito seu primeiro jogo pelo Corinthians. Meia é cria da base e tem 21 anos.

5,0

Fábio Carille

Com o título garantido, ele queria rodar o elenco e não sofrer grande goleada. Cumpriu os objetivos e viu Giovanni Augusto entrar bem.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos