Carille quer reforços no Corinthians, mas diz: 'Não estou esperando cereja'

Com o título brasileiro garantido desde a última quarta-feira, o Corinthians intensificou o planejamento para a próxima temporada. O técnico Fábio Carille quer reforços, mas diz que não espera "cereja".

- Trazer peças depende muito da parte financeira. Não dá para falar sobre isso, minha maior preocupação é manter esse grupo o máximo possível e fortalecê-lo. Não estou esperando "cereja", sei da situação financeira do Corinthians. Estou esperando equilibrar mais o time para o ano que vem - afirmou Carille em entrevista coletiva após a derrota por 3 a 0 para o Flamengo.

Sobre as possíveis saídas, Carille evitou comentar. O técnico disse, porém, que ainda conta com Guilherme Arana para o restante da temporada. O lateral-esquerdo está perto de fechar com o Sevilla (ESP) e não foi relacionado para o jogo contra o Flamengo.

- É difícil comentar, está tudo no ar. Para sair alguém, tem que chegar alguém. Então não vou "tirar" ninguém do Corinthians. Chegando alguém, não dá para ficar com 40 jogadores no elenco. Não posso falar de alguém sair antes de alguém chegar - disse Carille.

Para o jogo contra o Flamengo, além de Arana, também não foram relacionados os meias Rodriguinho e Jadson. O lateral-direito Fagner, por sua vez, viajou ao Rio de Janeiro, mas ficou no banco de reservas.

- Os jogadores que ficaram lá vinham se arrastando com dores. Rodriguinho no púbis, Jadson no tendão... Ficaram porque estavam cansados e com dores. Temos de tomar cuidado nesse momento - declarou Carille.

Após o jogo contra o Flamengo, o elenco ganha folga na segunda e terça-feira. O jogo contra o Atlético-MG será realizado no próximo domingo, às 17h, na Arena Corinthians.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos