Contra o pior visitante do BR-17, Flu quer acabar com a ameaça do Z-4

  • Ale Cabral/AGIF

A conta para o Fluminense livrar-se do risco de rebaixamento é simples: basta vencer um dos três jogos que restam no Brasileiro - contra três times que estão no Z-4. O discurso do elenco é de acabar contra o drama já amanhã, diante da Ponte Preta, no Maracanã, e a torcida tricolor tem motivos para ficar confiante.

Afinal, os comandados de Abel Braga enfrentarão a equipe com o pior aproveitamento como visitante. A Macaca só conquistou 17,6% dos pontos fora de casa. Em 17 rodadas, são 10 derrotas, seis empates e somente uma vitória.

Apesar disso, o atacante Henrique Dourado cobrou atenção dos companheiros para o jogo de segunda-feira. Para o goleador, é preciso impor o ritmo diante da Ponte Preta para que o Fluminense saia com os três pontos.

"Temos que impor nosso ritmo e saber entender os momentos da partida, para atacarmos bem e defender suportando qualquer pressão", afirmou o camisa 9, antes de exaltar o caráter decisivo do confronto:

"Temos que focar nesse jogo, porque é importantíssimo e determinante. Não importa o placar, mas sim todos com muita vontade de passar dessa fase ruim", disse.

Neste domingo, no CT Pedro Antonio, Abel Braga comanda a última atividade antes do jogo contra a Ponte Preta. Sem nenhum suspenso, o Fluminense não deve ter grandes mudanças na equipe. Em relação ao time que perdeu para o Corinthians, as mudanças devem ser os retornos de Renato Chaves e Marlon, que cumpriram suspensões, nos lugares de Reginaldo e Léo, respectivamente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos