Precisando de uma vitória para se classificar, Real encara o Apoel

Depois de uma doída derrota para o Tottenham na última rodada, o Real Madrid quer se recuperar, vencer o Apoel e garantir a classificação para as oitavas de final da Liga dos Campeões. As equipes se enfrentam nesta terça-feira, às 17h45 (de Brasília), no Estádio GSP.

Caso vença e o time inglês, já classificado e com 10 pontos, perca para o Dortmund, os madrilenhos, atualmente com sete pontos, ainda tem chance de avançar na primeira posição do Grupo H.

Os atuais campeões da competição europeia vivem temporada bastante conturbada e tentam buscar reabilitação para voltar aos trilhos. No Campeonato Espanhol, ocupam apenas a terceira posição, com 10 pontos a menos do que o líder Barcelona.

Para este confronto, o Real não poderá contar com Gareth Bale, que continua se recuperando de lesão, e Sergio Ramos, que sofreu uma fratura no rosto no clássico contra o Atlético de Madrid e nem viajou. Keylor Navas e Mateo Kovacic ainda são dúvida. O time do Chipre não terá Facundo Bertoglio e Zhivko Milanov, lesionados.

- Talvez isso soe estanho, mas o Apoel está acostumado a jogar contra grandes oponentes, como o Real Madrid. Por isso não estamos impressionados com a situação. Nos últimos cinco anos, nós atuamos contra times incríveis. Isso é bom para nossos torcedores e para muitos outros do nosso país - disse o técnico Giorgos Donis.

DORTMUND LUTA PELA VIDA CONTRA O TOTTENHAM

O Borussia Dortmund vive um momento de crise na temporada e vem de quatro jogos sem vitória para lutar por sua vida na Liga dos Campeões contra o Tottenham. As equipes se enfrentam nesta terça-feira, no Signal Iduna Park, às 17h45 (de Brasília).

Para este confronto, o pressionado técnico Peter Bosz não poderá contar com Erik Durm, Lukasz Piszczek e Sebastian Rode, lesionados. Sokratis Papastathopoulos ainda é dúvida. Já Maurício Pochettino não terá Victor Wanyama e Toby Alderweireld. Danny Rose ainda é dúvida.

- Antes do jogo contra o Stuttgart, dissemos a nós mesmos que estávamos procurando um novo começo. Nós lhes permitimos duas chances e eles aproveitaram. Isso se encaixa com a nossa sorte atual. No entanto, mesmo que pareça estranho, acredito que foi um passo na direção certa quando se trata de nossa atitude - analisou Marcel Schmelzer, capitão do Borussia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos